Para quem gosta de música sem preconceitos - el Cabong

Mateus Aleluia antecipa novo álbum com dois singles; ouça

Um dos mais aguardados discos baianos do ano, o novo trabalho de seu Mateus Aleluia começa a aparecer com os dois primeiros singles. O novo álbum, ‘Olorum’, será lançado Selo Sesc no dia 24 de julho no Sesc Digital e, a partir de 29 de julho, nas demais plataformas digitais. O trabalho traz 12 faixas inéditas, todas de autoria do próprio artista, o que acontece pela primeira vez na carreira do artista. Com produção musical de Ronaldo Evangelista, o álbum é marcado também pelo reencontro com João Donato. Mas antes do álbum, foram lançados nas plataformas de streaming os singles “Samba-Oração” e “Nganga Njila”, que servem como aperitivo para ‘Olorum’.

Veja também:

Entrevista Letieres Leite: “Toda música brasileira é AfroBrasileira”.
Os novos videoclipes baianos e um projeto de clipe colaborativo.

Em Samba-Oração”, Seu Mateus mantém sua sonoridade quase sacra, numa letra com temática que, ao modo dele, trata dos tempos atuais: “Vejo um gado amuado/ Um mau tempo vai chegar/ Vento oeste tá gelado/ O mundo tá pra virar. Ó, Deus, meu pai/ Parai a mão do opressor/ Calai a voz do enganador/ Fazei chover só chuva de amor/ Meu Deus, meu pai, meu protetor. Passarinhos depenados/ É sinal de extinção/ Vejo fome em todo lado/ Meu Deus, que situação. Escutai meu samba-reza/ Canto um samba-oração/ Samba que o tempo leva/ À futura geração”

Em “Nganga Njila”, Mateus mergulha mais fundo em ritmos africanos e numa sonoridade dançante. Ele divide os vocais com Lenna Bahule, uma cantora moçambicana radicada há alguns anos no Brasil. A banda que acompanha Seu Mateus Aleluia é formada na base por Sérgio Machado (bateria), Zé Nigro (baixo) e Maurício Fleury (guitarra). Nas faixas lançadas ele conta ainda com Filipe Massumi (violoncelo), Rômulo Nardes, Ariane Molina e Diógenes dos Santos (percussão) em “Samba-Oração”. Além de Lello Bezerra (guitarra), Décio 7 (atabaques e xequerê), Romulo Nardes (batás), Victória dos Santos e Lilian Rocha (coro) em “Nganga Njila”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Log in