Para quem gosta de música sem preconceitos - el Cabong

Notícias

Baianos entre melhores da Laboratório Pop
A revista Laboratório Pop divulgou seus indicados para melhores de 2006. A lista foi resultado dos votos de 72 críticos, jornalistas e produtores. Entre eles estão alguns nomes baianos, como Cascadura e Rebeca Matta como melhor disco independente nacional, por “Bogary” e “Rosa Sônica”, respectivamente. Outro baiano indicado foi Caetano Veloso, como nome do ano na música. Veja todos os indicados em todas categorias e vote pelo site da revista.

CCS é fenômeno pop
A banda brasileira Cansei de ser Sexy confirma ser mesmo o novo fenômeno da música brasileira no exterior. Depois de realizar turnês nos Estados Unidos e Europa e ganhar rasgados elogios da imprensa especializada, o disco de estréia do grupo acaba de ser eleito um dos melhores do ano pela revista inglesa NME. Considerada uma das mais importantes publicações sobre música no mundo, a NME colocou o disco dos paulista como o quinto melhor de 2006, a frente de nomes como Bob Dylan e Strokes. A badalada loja de discos Rough Trade, umas das principais do mundo, também se rendeu, colocando o disco como o terceiro melhor do ano. Para completar a semana

Clipe novo da Automata
Apesar de já ter anunciado seu fim há alguns meses, a banda Automata está lançando um novo víde-clipe. Com direção de Paulo Caetano (dascinzasdesign) e Júlio Acevedo e edição de Renato Gaiarsa, o clipe durou quase um ano para ficar pronto. Quer conferir? Veja aqui.

Sai lista de bandas para o Palco do Rock
Foi divulgada a lista com as bandas baianas que vão tocar no Palco do Rock 2007, evento realizado durante o Carnaval. A lista com bandas de outros estados ainda será divulgada. No total foram 138 inscritas, sendo 83 baianas e 55 de fora do estado. Vamos a lista:
01- Aluga-se (Rock n’ Roll)
02- Ant Corpus (Heavy Rock Progressivo)
03- Apaizana (Funk Rock)
04- Aqueronte (Doom Metal)
05- Burning Heart (Heavy Metal / Hard Rock)
06- Canibal Brasil (Hard Rock / Rock n’ Roll)
07- Cobalto (Thrash Metal)
08- Desrroche (Gothic Metal)
09- Dimensões Distocidas (Thrash Core)
10- Draconi (Heavy / Power Metal)
11- Entrementes (Rock n’ Roll)
12- Eskaravelho (Hardcore Melódico / Alternativo)
13- Hard Call (Emocore / Alternativo)
14- Intra (Rock Alternativo)
15- Movidos a Alcool (Rock Brega)
16- Nomin (Heavy Metal / Hard Rock)
17- Órbita Zero (Funk Metal / Alternativo)
18- Os Algas (Hardcore Melódico)
19- Pastel de Miolos (Hardcore 80’s)
20- Portal (Power Metal)
21- Radiozun (Rock Alternativo)
22- Slow (Heavy / Thrash Metal)
23- Starla (Indie / Rock Britânico)
24- Templarius (Heavy / Power Metal)
25- Ulo Selvagem (Hardcore Crossover)
26- Vulgo (Hardcore Melódico)

29 Comentários

  1. Eduardo César Reply

    eu sei, eu sei, Miwky…
    Mas eu fico curioso mesmo.
    A única vez que vi um show da Ulo, foi num palco do rock desses da vida (claro!), o repertório ia de Puteiro em João Pessoa à Smells Like Teem Spirit… foi um dos piores shows que vi. Era o que tinha no Top Ten da MTV da época. Esse Palco do rock e nada para mim é a mesma coisa.

  2. Luciano Reply

    Acho que por mais defeitos que o pessoal do Clube do Rock possa ter, eles se organizaram e são uma associaçção representativa do rock. Por isso conquistam espaço, porque para quem não é do meio eles são os representantes. Agora, com a Abrafi, outro grupo organizado se apresenta e pode oferecer opções até mesmo para os orgãos públicos, como a prefeitura…

  3. Eduardo César Reply

    Representativa? Quantos eventos de importância relevante essa entidade que diz representar o rock faz por ano? Palco do Rock com bandas ruins, rock de batom e uma exposição no Shopping Piedade. Teve uma que tem no site deles que não me contive em copiar e olar aqui: – Show com os GAROTOS PODRES (25/02/2005), lenda do Punk Rock nacional, com 20 anos de estrada, acompanhada de 2 lendas do Punk/Hardcore Baiano, a Ulo Selvagem (17 anos) e Pastel de Miolos (10 anos).
    ACCR é uma representação da Ulo Selvagem (A LENDA!), e só.

  4. Luciano Reply

    Associação representativa pq é uma organização, uma entidade, que se organizou, que tem pessoas que participam. Se essas bandas e pessoas são relevantes, se tem qualidade é outra discussão. Mas que não é do meio, quem não sabe o que rola, vai procurar alguma entidade que represente o meio, o setor. E eles fazem isso, agora com a Abrafin, acho que surge outra opção. A gente tem que parar de ver só nosso lado da história.

  5. Jan Balanco Reply

    A ACCR é sim, a maior referência de rock na Bahia. Toda pessoa nessa cidade sabe que no carnaval tem um tal carnarock lá em Piatã, e a entidade Clube do Rock é bem mais conhecida que o Calypso. Eles também são os únicos que colam na Prefeitura para “exigir seus direitos”.

    Em geral eu não gosto das bandas com que eles trabalham, acho que fazer palco de rock no carnaval não é o caminho, mas respeito o trabalho deles uma vez que eles fazem o que acreditam. Nos anos 90 todos seguiam caminhos parecidos por aqui. Mas agora o “núcleo do Rio Vermelho” mudou, “amadureceu”, e o “núcleo da ACCR” continua achando que o jeito certo de fazer as coisas é o mesmo jeito de antes. Obviamente não há como ter entendimento.

    Por isso que não levanto bandeira de união. Não concordo com fulano, não concordo com sicrano, mas não deixo de fazer, faço do meu jeito.

  6. ted Reply

    caras, vai ser interessante, aquele tipo de “história pra contar pros netos”… tem umas 50 bandas, 47 de metal! doom metal, extreme metal, black metal, yahoo metal, google metal… e nós la de ousados! vai ser massa. estou ansioso pra tocar.

    e eu sou do tipo que “primeiro tenha a experiencia”, depois comente, fale bem ou mal. o foda é ficar coçando o saco e falar mal, que ninguém presta…

    ah, e saibam que nenhuma banda (pelo menos o que eu sei) receberá cachê.

  7. ted Reply

    eduardo césar é um caso difícil de entender… tem semanas que ele tá ótimo, me sinto até miguxo dele… mas tem semanas que ele tá com o ovo virado… ehehehehe

    jan, é que alguém aí em cima falou algo de “dinheiro público”, como se fosse algo errado… é claro que eu acho muito ruim as bandas não ganharem ao menos uma pontinha. quem tem banda sabe como é… é um gasto escroto, no nível de ter uma namorada. por isso que disse q ninguém vai receber nada… pelo menos a gente não vai, sacou?
    abs!

  8. Eduardo César Reply

    Eu só não entendo pq criticar algo é sinônimo de não fazer nada. Mas não é ovo virado não, eu apenas acho a Ulo Selvagem uma banda estranha (não musicalmente falando)

  9. Luciano Reply

    Eduardo, o problema aqui nesse nosso cenário rock é que muita gente critica, mas não se mobiliaz para fazer nada. Não que todo mundo teha que fazer, acho que cada um tem seu papel, o público inclusive. Só que essa postura de criticar tudo é muito fácil. E não tô falando de você , nem de ninguém em específico, mas de um sentimento generalizado.

  10. ted Reply

    ô miwky, nao foi nada ofensivo nao… eh que eu sou preguiçoso, nao fui ver quem tinha falado do lance, alias, nem reli o que vc escreveu. por isso nao falei: “miwky falou da grana…” pá. foi isso!
    e isso eu ja converso com luciano de muito tempo… as bandas precisam se mobilizar… sinto falta das “grandes” bandas da cena num espaço como esse. talvez seja por isso que ele seja tão depreciado.

  11. Eduardo César Reply

    Talvez seja porque as “grandes bandas” queiram cachê, o que seria justo. Ha… a Ulo é uma banda lendária né? esqueci…

  12. miwky Reply

    ted, não vivo a vida pra te perseguir, relaxa! só fiz o trabalho que vc não fez, aliás, adoro créditos, portanto, fiz por mim. relaxa!

    como eu disse, o lance é olhar depois pra prestação de contas da prefeitura para com o evento…

    na internet, no final do ano.

  13. Roberto Fox Reply

    Esse palco aí já rola tem mais de dez anos, vey! A Ulo vacila, mesmo e ateh fez dois shows no ano passado depois do palco mas precisa demais.
    E Sandra me falou q o cachê é a prefeitura que num quermais pagar pq antes rolava até de banda ganhar em dólar, vey!Isso foi depoi de imbassaí que cortou verba que rolava pras bandaas.
    Abs a todos aqui.fui.

  14. ajota Reply

    Pelo q vi aqui, o tal de Eduardo César é um “afetado” pelo virus da dor de cotovelo.
    Ô meu amigo, vc já ouviu falar de Drowned?, Claustrophobia?, Devotos do Ódio?,Imortalis – (Portugal)?, Slug – (DF)?, Dr. Savage – (BH)? Dread – (AL)? Andralls – (SP)? pois é… esses foram alguns dos grandes nomes da cena nacional e de outros países, a exemplo da Imortalis, q ACCRBA trouxe pra salvador, e nem todos em época de palco do rock! Parece q além de despeitado vc é muito mal informado. Direcionar uma raiva de alguém ou de alguma banda pra uma organização q busca o melhor sempre pra nossa cena é no mínimo “equivocado”.
    Desculpe amigo, mas vc está sendo totalmente infeliz em suas colocações. Abraços!

  15. ajota Reply

    Seria interessante, se todos olhassem mais de perto tudo, inclusive a “prestão de contas” né miwky?
    A propósito, como será o repasse de verbas e gastos de outros palcos e do resto do carnaval? alguém aí já parou pra observar isso? pois eu já….e olha q é dinheiro público também!!! Incluindo o meu…q necessito ficar atrás de uma mesa 8 horas por dia de segunda a sexta, pra “matar” o meu no fim do mês.
    Foda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Log in