Para quem gosta de música sem preconceitos - el Cabong

Discos: Vivendo do Ócio mais versátil e contemporânea em novo álbum

Um dos mais importantes nomes do rock baiano na atualidade, a banda Vivendo do Ócio lança seu quarto álbum mostrando versatilidade e sintonia com os novos tempos. O jornalista convidado Felipe Andrade esmiuçou o trabalho.

Veja também:

As várias facetas do atual rock brasileiro em novos videoclipes.
Entrevistas: Flerte Flamingo e seu novo EP.
Discos: Calafrio reforça o rock feirense com ‘Hiato’.
A música baiana atual em 25 novíssimos videoclipes.
Entrevista: Conheça The Moon Expresso e seu novo álbum.

Por Felipe Andrade

Vivendo do Ócio” é o nome homônimo do novo disco da banda baiana. Sem lançar um álbum desde Selva Mundo, em 2015, as 10 faixas chegaram após esperarmos muito. E ainda rolou um pequeno atraso, pois inicialmente seria lançado no mês de fevereiro.

A primeira canção, “Cê Pode”, nos lembra bastante as músicas dos trabalhos anteriores, com guitarras marcantes e vocais que variam os timbres.

O Amor Passa no Teste” é uma composição do grande Luiz Galvão, um dos fundadores da banda Novos Baianos. A Vivendo do Ócio conseguiu segurar essa responsabilidade e fez um som incrível.

Confesso que estava com um pouco de receio deste disco não me agradar, e isso é algo meu, não tem nada a ver com a qualidade da banda. Mas ao ouvir faixa após faixa esse receio foi todo embora e me senti contemplado com este trabalho.

Paredes Vazias” é com certeza é minha preferida, e ainda conta com a participação de grande Fábio Trummer, um dos fundadores da pernambucana Banda Eddie. Aliás, essa faixa tem uma história interessante:

Essa música veio a partir de um sonho que tive com o Fábio Trummer, onde ele tocava e cantava no violão repetidamente: “Essas casas todas iguais”. Então ninguém melhor do que o próprio pra fazer essa música. Escrevemos misturando aspectos lúdicos e diretos sobre a desvalorização da arte e o comportamento bizarro da “família tradicional brasileira”, conta Jajá Cardoso.

Il Tempo” fala sobre a falta de tempo que enfrentamos na sociedade moderna, expondo uma relação amorosa onde as pessoas mal conseguem se ver. Esta canção é cantada toda em italiano, e foi lançada como single lá em 2018.

Veja o clipe da canção Il Tempo

O Disco

Com produção de Thiago Guerra (Fresno) e Gabriel Zander, o trabalho é o primeiro lançamento em conjunto com o selo Flecha Discos. Também participaram Fábio Trummer (Banda Eddie), na faixa “Paredes Vazias”, e Levi Siqueira (Cristo Bomba) na canção “Muito”.

Durante a gravação, os músicos Ricardo Braga (percussão), Filipe Pippeta (trompete) e Mário Camelo (sintetizador) ajudaram a trazer maior peso para trabalho, cada um conseguiu incluir sua característica e formar uma sonoridade excelente. As captações foram realizadas em São Paulo, nos estúdios Costella e Concha.

O disco “Vivendo do Ócio” apresenta um pouco do que veio antes e escancara a faceta mais versátil e contemporânea da banda. Os anos sem lançar um novo álbum fizeram muito bem aos meninos.

Ouça o Disco:

* Felipe Andrade é jornalista musical, redator e social media e está à frente do Polvo Manco, portal de resenhas de discos, notícias musicais e plataforma de divulgação de shows independentes.

Tagged under:

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Log in