Para quem gosta de música sem preconceitos - el Cabong

Ronei Jorge e Os Ladrões de Bicicleta se reúnem em show especial

Depois de 9 anos parados, Ronei Jorge e Os Ladrões de Bicicleta anunciam show especial em comemoração a uma década do último disco.

Três bandas são cruciais para o rock e pop baiano nos anos 2000: Cascadura, Retrofoguetes e Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta. Apenas o Retrofoguetes continua na ativa, mas tanto a Cascadura (lembre aqui) quanto Ronei e os Ladrões de vez em quando presenteiam o público com shows especiais. E depois de dez anos da pausa na banda e seis sem subir ao palco juntos, os Ladrões de Bicicleta se reúnem mais uma vez para uma apresentação no Commons Studio Bar, no próximo dia 17 de janeiro.

Veja também:

Entrevista Ronei Jorge: um falso romântico se reconstruindo.

Ronei Jorge (voz e guitarra), Edson Rosa (guitarra e vocal), Sergio Kopinski (baixo e vocal) e Mauricio Pedrão (bateria) se reencontram  para um show especial com apelo comemorativo. Eles estão comemorando os dez anos de lançamento do segundo disco da banda, ‘Frascos Comprimidos Compressas’. Para quem não lembra, a obra reúne pérolas como “Vidinha”, “Aquela Dança”, “Circula Seu Sangue”, “Azucrim” e “Você Sabe das Coisas (Nega)”, entre outras.

Segundo Ronei Jorge a motivação principal para a apresentação é o rencontro de amigos. “Acho que o motivo maior mesmo é o prazer de tocar junto, que ainda existe. Quando demos a pausa, paramos porque não dava. As coisas começaram a ficar difíceis. Paramos, mas ainda muito afim um do outro”, explica. Segundo ele ainda exite uma grande afinidade entre eles. “Quando a gente se encontra, quando toca, é fácil, é prazeroso. A gente se comunica muito musicalmente, gosta de coisas semelhantes. As divergências são todas instigantes pra produzir uma coisa nova. Então acho que o motivo foi. Foi esse encontro mesmo”.

A pausa havia sido anunciada em 2010, numa interrupção amigável, que deixou uma obra marcante de dois discos, ‘RJ&LB’ (2005) e ‘Frascos Comprimidos Compressas’ (2009), além de um EP. Nesse show, os fãs devem ouvir um pouco dos dois discos, no mesmo clima que a banda costumava imprimir no palco.

“Como Edinho vinha pra Salvador, arranjamos um jeito de tocar. Pensamos em fazer um show que fosse meio que um show de amigos e relembrando as músicas que a gente gravou, o primeiro e o segundo disco, mas principalmente o ‘Frascos’, que está fazendo dez anos. Vamos relembrar essas músicas. Acho que isso é legal pra gente e, consequentemente, para o público que sempre nos acompanhou, que foi aos shows”, explica Ronei.

Novidades a caminho?

Em 2013, o grupo chegou a realizar um show de retorno comemorando 10 anos de formação, mas ficou nisso. Agora, Ronei se mostra animado com até possíveis novas produções. “Vamos tentar mostrar essa alegria de reviver esses discos. E acho que não fechamos as portas para produções futuras, para fazer coisa nova, porque a gente nunca imaginou que tinha terminado a banda. Cada um seguiu o seu caminho. Mas a gente tem uma afinidade musical muito grande, então nós não nos perdemos de vista. Estamos sempre em contato, seja musical ou fraternal.”

Dos quatro integrantes, apenas dois seguem em atividade contínua na música. Ronei Jorge com sua carreira solo (leia entrevista sobre o primeiro disco) e Maurício Pedrão, tocando bateria com o próprio Ronei e em outros projetos. O baixista Sérgio Kopinki segue atuando como arquiteto em Salvador, enquanto o guitarrista Edson Rosa vive em São Paulo, onde trabalha como publicitário.

Serviço:

O que: Ronei Jorge & Os Ladrões de Bicicleta
Quando: 17 de janeiro, sexta.
Horário: 21 horas.
Local: Commons Studio Bar (Rio Vermelho)



Tagged under:

2 Comentários

  1. Pingback: Os 18 shows imperdíveis de janeiro em Salvador | » Para quem gosta de música sem preconceitos

  2. Pingback: Festival STU reúne Nação Zumbi, Vivendo do Ócio e Pedro Pondé | » Para quem gosta de música sem preconceitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Log in