Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia - :: el Cabong ::

Cena Independente #26

Cena Independente é uma coletânea mensal produzida por diversos blogs brasileiros com o objetivo de divulgar a nova música de seus estados. Cada um seleciona um artista e uma música de seu estado e como resultado se faz um apanhado da produção musical em diversas partes do país. Este mês o el Cabong selecionou a banda de Camaçari Declinium.

A mixtape é organizada pelo FUGA Underground e publicada todo mês pelos blogs parceiros.

Nesta edição, o FUGA convidou o designer e fotógrafo Murilo Diogenes [oh-lightning.tumblr.com] para assinar a arte da capa.

http://coletaneaindependente.wordpress.com/

Cena Independente #26 from cenaindependente on 8tracks Radio.

VATZ reprodução

CEARÁ: Rock Nordeste
Vatz – How Not To Lose Control
rock
Não há música melhor para representar a pegada agressiva e melódica do quarteto cearense formado por Caduh Oliveira (voz e guitarra), Massilon Vasconcelos (bateria), Tiago Alves (baixo) e Lucas Guterres (guitarra). Gravada no projeto de vídeo de alta qualidade de som e imagem, “Live From Nowhere”, “How Not To Lose Control” mostra que a Vatz se sai bem com letras em inglês e cria uma sonoridade familiar e empolgante, pronta para decolar na cena nacional underground e com forte potencial para alcançar o mainstream.
Para quem gosta de: Queens of the Stone Age, Muse e Them Crooked Vultures
Mais de Vatz no Facebook

 

dogman

GOIÁS: Novo Rock Nacional
DogMan – Graceless
hard rock/rock and roll/grunge
Composições simples, refrões memoráveis e uma vontade de fazer com que as pessoas ativem a consciência, para simplesmente descobrirem o que são como indivíduos, comunidade e como parte fundamental de um “universo vivo”. Observe as estrelas e se perceba como parte de um todo, diga olá para a criação. Uma possibilidade de ser algo bom, fazer boa musica com a mente ligada na missão integral de tentar sempre serem o que são em sua essência, na musica, na esperança, na fé e no amor.
Para quem gosta de: Alice In Chains, Pearl Jam e Temple of the Dog
Mais de DogMan no Facebook

 

temporão-fernando

RIO DE JANEIRO: RockInPress
Fernando Temporão – De Dentro da Gaveta da Alma da Gente
pós-mpb
Fernando Temporão é um compositor simpático, mas talvez tardio. A sua proximidade com Kassin e outras pessoas que moldaram a cena pós-MPB brasileira causa um estranhamento ao seu distanciamento correlação aos lançamentos de seus amigos e ao frescor de sua audição. Seu belo álbum de estreia contém traços mais finos e realçados que seus contemporâneos, alinhando-se ao primeiro trabalho de Marcelo Jeneci, principalmente pela doçura e pela utilização efusiva de orquestrações em suas canções.
Para quem gosta de: Marcelo Jeneci, Vanessa da Mata e Kassin
Mais de Fernando Temporão no Facebook

 

Gustavo Pontual

PERNAMBUCO: AltNewspaper
Gustavo Pontual – De Rochedo
rap/hip hop
Gustavo Pontual é um MC pernambucano conhecido outrora por ser um dos integrantes do extinto grupo de rap Inquilinus. No segundo semestre deste ano, ele irá lançar seu primeiro EP solo, mas este mês liberou uma prévia do que estar por vir. Na faixa “De Rochedo”, o MC nos leva por um passeio pela cidade do Recife, um tanto saudosista, passando por alguns pontos do centro que cercam o Rio Capibaribe. Aperta o play e boa viagem!
Para quem gosta de: Inquilinus, Rimocrata e rap com sotaque nordestino
Mais de Gustavo Pontual no Soundcloud

 

Irmaos Carrilho

PARANÁ: Defenestrando
Os Irmãos Carrilho – No Tempo Que Passou
folk/caipira
Os Irmãos Carrilho são uma dupla formada por Alexandre Provensi e Matheus Godoy. Como se vê, não são irmãos de fato, mas isso não impede que o duo tenha entrosamento o suficiente para executar arranjos vocais muito bem trabalhados. De algum jeito, eles parecem com uma dupla sertaneja de raíz que cresceu entre músicos folk dos Estados Unidos e que, nas horas vagas, ouve um pouco de indie rock em casa, sem muitos compromissos. A música “No Tempo Que Passou” foi lançada em fevereiro, e é o primeiro single oficial da dupla.
Para quem gosta de: Charme Chulo e Vanguart
Mais d’Os Irmãos Carrilho no Facebook

 

Sedna

ALAGOAS: Sirva-se
Sedna – Into The Depths
stoner/metal/grunge
Passeando com competência entre o grunge e stoner os caras da Sedna estão mais ativos do que nunca, lançando clipe e gravando várias faixas que irão compor o álbum da banda que está sendo produzido e deve ser lançado logo menos. A faixa escolhida para a mixtape é “Into The Depths”, que a banda soltou recentemente na internet, inclusive para divulgar o material que tá pra sair. Guitarras pesadas e com passagens melódicas, aliadas a uma bateria com pedais duplo e letras cantadas em inglês, é um pouco do que se pode falar da Sedna, mas pra entender melhor qual é a da banda, dá o play aí na coletânea.
Para quem gosta de: Soundgourden, Down e Alice in Chains
Mais de Sedna no Bandcamp

 

Tropicaos

RIO GRANDE DO NORTE: FUGA Underground
Tropicaos – Reveries
neo-psychedelia/surf rock/dream pop
Nova encarnação da extinta Last Starfighters, o Tropicaos segue agora com uma nova estética. Mais próximos da neo-psychedelia, do dream pop e da chillwave, Mathias De Lima, Nicolas De Lima e André Castiel continuam apostando nas parcerias que deram certo lá atrás. Gravado no Estúdio DoSol e produzido por Jesse Gander, um dos caras por trás do “Celebration Rock” do Japandroids, o single de estreia da banda veio como uma viagem praieira. Baseado em guitarras que lembram o trabalho de John Frusciante (e em algum outro momento mais fugaz até Dire Straits), é quase como se o Red Hot Chili Peppers desse uma chance ao dream pop.
Para quem gosta de: Temples, Tame Impala e Animal Collective
Mais de Tropicaos no Facebook

 

declinium

BAHIA: el Cabong
Declinium – Ela se Foi
indie rock /guitar band/pós-punk
Ecos dos anos 80, melancolia, clima sombrio no ar e um muro branco de guitarras dando o tom. Como se saísse de uma cidade cinzenta da Inglaterra, a banda Declinium traz de volta em seu Ep ‘Marte’ uma sonoridade que andava meio esquecida na Bahia, mas que já fez escola por aqui, por incrível que pareça. O grupo, que tem 15 anos de estrada e vem de Camaçari, uma cidade industrial nos arredores de Salvador, volta com seu pós-punk com letras em português e melodias doces entrecortadas pela distorção da guitarra.
Para quem gosta de: brincando de deus, Ride e Jesus & Mary Chain
Mais de Declinium no Facebook

 

beeds

PARAÍBA: Atividade FM
Beeds – Reach For The Sun
rock psicodélico/dream pop
O Beeds surgiu em João Pessoa, na Paraíba, pelas mãos de Rafael Mangueira como um projeto de rock psicodélico. Assim como o Ruban Nielson do Unknown Mortal Orchestra, e o Kevin Parker do Tame Impala, Rafael gravou e mixou sozinho em sua casa o seu primeiro trabalho. O primeiro lançamento do projeto é “Reach For The Sun”, uma música lisérgica, com timbres sessentistas e uma pegada que faz lembrar o som feito pelo Syd Barret nos anos 60 e 70. O Beeds também chega a ter uma semelhança também grupos contemporâneos como Jacco Gardner e o Temples.
Para quem gosta de: Temples, Tame Impala e Unknown Mortal Orchestra
Mais de Beeds no soundcloud

 

Conheça e ouça as edições anteriores: coletaneaindependente.wordpress.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log in