Para quem gosta de música sem preconceitos - el Cabong

Cascadura encerra atividades e fará últimos shows até o fim do ano

Uma das bandas mais antigas do rock baiano, a Cascadura, anuncia o encerramento das atividades depois de 23 anos. O grupo termina no fim do ano após cumprir os shows agendados para Salvador e convites para apresentações em São Paulo. Sem brigas ou desentendimentos, a Cascadura é um dos nomes mais importantes do rock baiano, com uma trajetória de marcantes discos e canções. Entre os shows já marcados, está o que o grupo fará no dia 31 deste mês, no Portela Café, no Rio Vermelho. No show, batizado como ‘Cascadura das Antigas’, a banda fará uma homenagem ao primeiro disco, “#1”, lançado em 1997, e terá participação especial de ex-integrantes do grupo, como o baixista Alex Pochat e o guitarrista Toni Oliveira.

Sem brigas ou frustrações com a música, o vocalista do grupo, Fábio Cascadura, afirmou em entrevista ao el Cabong que era o momento de parar. “A gente não tem mais condição de conciliar como a gente fazia antes, porque a banda era total prioridade de todos, mas hoje todo mundo tem projeto paralelo, um outro trabalho ou outros projetos de música. Não dava mais para parar a vida e gravar um disco ou fazer turnê. Não tem nada a ver com frustração, briga ou que enchemos o saco com a música” diz. Segundo ele, ele e os integrantes ainda estavam dispostos a tocar, fazer shows, mas estava difícil conciliar com as outras coisas da vida.

“Atingimos muita coisa, conquistamos muito, ganhamos prêmio, lançamos trabalhos interessantes. Por este lado a gente nunca acabaria, mas a gente não consegue mais se reunir, fazer as coisas junto. Todo mundo ainda estava disposto, mas está muito difícil. Hoje me divido entre vida de professor, acadêmico, marido, cada um recebe outros convites. Thiago passou dois meses viajando, tocou em lugares que nem o Cascadura tocou. Tem mais ou menos dois anos que a gente não consegue mais fazer como deveria. Por isso também que o “Aleluia” nem teve uma turnê como teve o “Bogary”, explica Fábio.

Gravações inéditas – Os shows agendados pela banda vão ser realizados até o final do ano, mas sem querer um marco determinado de última apresentação. “Tínhamos marcado alguns shows e resolvemos não desmarcar, vão acontecer até outubro e novembro. Tem Salvador e uns dois que estão na iminência de rolar em São Paulo. Vamos aproveitar esses shows, já que estamos terminando numa boa, e fazer uma despedida, sem ser o último show, mas fazendo naturalmente e no final do ano a banda se dissolve, encerra o processo”, diz. Fábio afirma que a banda não deixou nenhum registro inédito gravado, no entanto, não rejeita a ideia de em algum momento a banda gravar algo. “se durante esse período a gente tiver vontade e tempo pra gravar alguma coisa, a gente grava também”.

A banda fundada em 1992 por Fábio Cascadura, que é o compositor de todas as canções do grupo, algumas delas em parceria com outros músicos. Nesses 23 anos, a banda lançou cinco discos e um DVD, passou por várias formações, tendo entre seus integrantes importantes nomes do rock baiano, entre eles Paulinho Oliveira, Ricardo “Flash” Alves, Alex Pochat, Candido Sotto, Ivan Oliveira, Tiago Aziz. A formação atual traz apenas Fábio como integrante original, além de Thiago Trad, na bateria, que entrou e contribuiu para os novos rumos que abanda tomou, com uma sonoridade mais aberta e contemporânea e as gravações de alguns dos principais álbum do grupo, “Bogary” e “Aleluia”. A banda que vinha se apresentando tem na formação ainda Cadinho no baixo, Du Txai e Nielton Marinho, em algumas ocasiões, na percussão.

Leia nota oficial da banda:

“Nós do Cascadura desejamos comunicar à todos que acompanham nossa carreira – amigos, fãs, admiradores e comunidade musical, de um modo geral – que, no segundo semestre deste ano de 2015, encerraremos as atividades da banda.

Tomamos essa decisão levando em consideração a circunstância de já não ser mais possível conciliar os muitos projetos profissionais e pessoais que temos, com as demandas de uma banda como o Cascadura. Ao longo dos 23 anos de nossa trajetória, sempre buscamos realizar a nossa produção musical com grande esmero e paixão. Tornar possível shows e discos, na intensidade com a que estamos acostumados, nos exige tempo e energia e isso vem sendo cada vez mais difícil.

Portanto, consideramos ser justo com a história do Cascadura, honesto com o nosso público e sensato em nossas vidas, dar um desfecho dessa caminhada agora. Assim, ainda cumpriremos alguns compromissos no curso deste semestre de 2015, aproveitando cada ação que resta como uma celebração às boas histórias e as amizades conquistadas.

Somos imensamente gratos a todos que participaram desse trabalho e colaboraram de alguma forma a contar essa história. Assim como, agradecemos o carinho e a atenção de cada um que tornou a música do Cascadura a trilha de uma história de fé na vida. Valeu!”

Discografia
Dr. Cascadura #1 (1997)
Entre!(1999)
Vivendo em Grande Estilo (2004)
Bogary (2006)
DVD Efeito Bogary (2009)
Aleluia (2012)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tagged under:

, , , ,

7 Comments

  1. Pingback: Cascadura anuncia que banda cumprirá agenda e no final do ano encerrará as atividades | Litoral Norte Noticias

  2. Pingback: Entrevista: lendária banda punk baiana, Bosta Rala volta às atividades » Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia

  3. Pingback: ENTREVISTA: O homem por trás do Festival Dosol solta o verbo » Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia

  4. Pingback: Cascadura lança single inédito; ouça aqui » Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Log in