Para quem gosta de música sem preconceitos - el Cabong

Os melhores discos baianos de 2014 pelo público

Em menos de um mês, mais de cinco mil pessoas participaram e votaram nos melhores discos baianos de 2014. O site bateu o recorde de visitação. Com essa votação, o el Cabong reforça o sentimento de que vivemos um momento positivo da música baiana, com uma produção fértil e rica, com novidades de vários estilos: rap, rock, jazz, samba, reggae, punk, música regional, blues, eletrônica, pop, instrumental, entre outros. Foram 128 discos lançados em 2014 que conseguimos registrar e colocar em votação. Trabalhos em  formatos diversos, como eps, cds físicos e discos digitais. Discos de alguns nomes consagrados, mas muitos de desconhecidos, artistas de Salvador, de diversas cidades do interior e alguns de baianos que vivem em outros estados ou mesmo fora do país. Um apanhado que, mais do que eleger os melhores, numa competição sem sentido, se propõe a reunir e apresentar artistas, bandas, cantores, intérpretes baianos que vêm fazendo a música baiana atualmente. Sem preconceitos, focamos especialmente na produção fora da mídia, que mal toca em rádios ou aparece na TV. Decidimos não incluir artistas de axé, pagode, arrocha, forró eletrônico ou sertanejo universitário. Além da votação popular, fizemos uma votação com 12 jornalistas baianos, que elegeram os melhores discos baianos e brasileiros.

No final, com 13% dos votos, o grande vencedor foi o veterano blueseiro Álvaro Assmar, com seu disco ‘The ‘Old Road’. A lista de de discos mais votados teve ainda ‘Setevidas’, de Pitty, em segundo lugar, com 8% dos votos; seguido de ‘Despertar’ de Cris Mendez, em terceiro; ‘Demo 2014’ da banda Portal, em quarto; ‘EPgrafia Completa’, da banda Os Jonsóns, em quinto; ‘Entre a ponte dos sonho’, de Maviael Melo, em sexto; ‘Tudo está Dito’, de Bruno Capinan, em sétimo; ‘Além Mar’, a banda de Juazeiro, Semivelhos, em oitavo; ‘Paraiso da Miragem’, Russo Passapusso, em nono; e ‘I’, da banda Aphorism, em décimo. Justo ou não, seguindo a lógica de votações feitas pela internet ou não, estes foram os vencedores. Veja a lista:

1. ‘The Old Road’ – Álvaro Assmar
13% dos votos
ÁLVARO ASSMAR - The Old Road - Capa

2. ‘Setevidas’ – Pitty
8% dos votos
Pitty - Setevidas

3. ‘Despertar’ – Cris Mendes
8% dos votos
Cris-Mendez

4. ‘Demo 2014’ – Portal
7% dos votos
portal

5. ‘EPGrafia Completa’ – Os Jonsóns
7% dos votos
Os Jonsóns - Capa EPgrafia completa

6. ‘Entre a ponte dos sonhos’ – Maviael Melo
5% dos votos
Maviael Melo - Entre a ponte dos sonho

7. ‘Tudo está Dito’ -Bruno Capinan
4% dos votos
brunocapinan

8. ‘Além Mar’ – Semivelhos
4% dos votos
Semivelhos-Além-Mar

9. ‘Paraíso da Miragem’ – Russo Passapusso
3% dos votos
russo-passapusso-paraíso-da-miragem

10. ‘I’ -Aphorism
3% dos votos
aphorism

Quais os melhores discos baianos de 2014?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

120 Comments

  1. Bruna Meyer Reply

    Inventura!! a banda tem amadurecido ao longo de sete anos e faz um som completamente imprevisivel e instigante! a musica inclusive eh maravilhosa.. inventura eh uma sacada de mestre! O melhor q ha no rock baiano…

  2. Michele Reply

    A Febre grupo de rap do bairro da boca do rio em tão pouco tempo do disco lançado já foi pra outros estados está com uma grande repercussão e as letras e produções são fantásticas merecedores

  3. Samuel Reply

    A Febre, fui pro lançamento do cd e fiquei admirado com o profissionalismo e as belas letras
    me emociono com as músicas Fase dois do velho jogo e aquarela dos daltônicos

  4. Luciana Cardoso Reply

    É Neto Lobo e a Cacimba!! Disco muito bom, muito F! Banda excelente e um dos grandes trabalhos do meio.

    Arrebenta Cabeça de Açoite!!!!

    1. Luciano Matos Reply

      George, desculpe, sabia que ia me passar em alguns discos, seria impossível dar conta de tudo sem falhas. tai, primeira falha. Vou incluir. Obrigado por falar. abs

  5. Jorge Gilberto Ramos Almeida Reply

    Estou mais do que encantado com os discos de Neto Lobo e a Cacimba e Mariene de Castro! Esses são os grandes destaques de 2014 da música Baiana!

  6. Mirielle Reply

    Olá!

    Eu não consigo votar e vários amigos meus também não conseguem. Pessoas que nunca votaram, quando abrem o link, aparece como se já tivesse dado um voto. O site está com algum problema? Seria interessante resolver isso para não prejudicar a votação.

    Abraços e parabéns pela iniciativa, El Cabong.

    1. Luciano Matos Reply

      Mirielle, pessoas que nunca votaram não conseguem votar? Estranho. Pq ele tá configurado pra não deixar voto repetido com o mesmo IP. Tenta dar uma atualizada na página pra ver se rola. Obrigado

      1. Mirielle Reply

        Sim… eu mando o link para alguém que nunca votou e a pessoa diz que não consegue clicar. Aparece como se ela já tivesse votado :/
        Aconteceu com várias pessoas que mandei. E atualizar a página não resolve.

  7. Saulo Leal Reply

    Fiquei muito feliz do trabalho “teleféricos e discos voadores” estar na lista, lista esta diversa e composta por muita gente boa. Parabéns mais uma vez ao elcabong, por dar visibilidade a muitos artistas baianos independentes.

    O teleféricos e discos voadores é um projeto meu, independente, inteiramente gravado em meu quarto, onde faço toda a parte de produção técnica e execução de tudo, do canto à concepção estética, e que gostaria muito de transformá-lo em banda para excursionar por aí.

    Pra quem ainda não votou, e não conhece o trabalho, segue o link para uma apreciação, caso gostem, me ajudem com um voto.

    https://soundcloud.com/telef-ricos-dv

    Grande abraço, e sucesso a todos os artistas concorrentes.

    1. Luciano Matos Reply

      Valeu, Saulo. A ideia é mais do que uma disputa, uma competição, é divulgar essa nossa produção enorme, rica e diversa. E aproveitar pra saber o que as pessoas andam ouvindo dessa produção.

    1. Luciano Matos Reply

      Merlim, é uma alternativa, mas se até a capa de muitos foi difícil, imagine link pra audição. mas obrigado pela sugestão. vou tentar fazer isso com os principais eleitos.

  8. Daniel Gomes dos Santos Reply

    Gostaria muito de ter o meu disco nesta relação.
    Acabei de lançar um álbum independente chamado “Janela Do Tempo” Neste disco contem Reggae, Samba, Pop, Bolero, Xote e uma canção Flamenca.
    Ainda é possível incluir-lo nesta relação?
    Um grande abraço a todos.
    Daniel Gomez.

  9. washington mariano Reply

    O novo CD de Álvaro Assmar é com certeza o melhor lançamento do blues contemporâneo brasileiro, por isso eu voto nele.

  10. Mara Asantewaa Reply

    O grupo Fúria Consciente merece esse reconhecimento, pois, além do ser um grupo que se destaca na música rap nacional pelo seu estilo original, também se destacam pelas composições e produção musical de altíssima qualidade!

  11. Paulo Reply

    sou fã de Alvaro Assmar desde que ele tocou em minha cidade,Ribeirão Preto e sempre estou a par das novidades no meio musical,então eis que surge este cd maravilhoso The old Road. adoro a musicalidade baiana,seus ritmos e seu povo e Alvaro Assmar com certeza é um legitimo representante da dessa terra boa.o disco dele é o meu predileto.

  12. Merlim Thy Vamp Reply

    Não achei nem que estariamos entre os 20 primeiros… mas a COMUNIDADE HEADBANGER se mostrou mais FORTE do que nunca, só estar com mais votos que o grande mestre GILBERTO GIL, e o Maluco genial TOM ZÉ já vale tudo… a PORTAL, banda com mais de 15 anos de estrada nesta terra cheia de preconceitos musicais agradece os votos recebidos… HEAVY METAL NÂO È POLUIÇÂO SONORA ! HEADBANGERS NÂO SÂO ACULTURADOS !! Sim… FAZEMOS HEAVY METAL NA TERRA DO AXÈ, e mesmo com todo preconceito continiamos firmes. seu voto é bem vindo, mas não sem antes ouvir nossa música, é claro…aqui o link para quem ainda não conheçe o som da PORTAL: https://www.youtube.com/watch?v=1K_KRi4g8iM

  13. Rodrigo Sputter Reply

    Acho que Pitty, Carlinhos Brown e outros não deveriam aparecer nessa lista, porque não são gravados na Bahia, que muitos são bancados do bolso do próprio artista, com recurso parco…além da visibilidade midiática ser outra…

  14. Leandro Pimenta Reply

    Neto Lobo é a voz do interior baiano chegando forte nos ouvidos do Brasil! Salve, salve “Meu Pé de Umbu”! Som de primeira linha!

  15. Pingback: Cantora baiana lança primeiro álbum aos 40 anos e excursiona pela Europa » Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia

  16. Pingback: Cantora baiana estreia em disco aos 40 anos e excursiona pela Europa » Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia

  17. Rodrigo Sputter Reply

    vc não pode por exemplo quantificar a qualidade de verba destinada pra gravar um disco, a qualidade dos estúdios…eu nem sei quem são todos os baianos no mundo que estão gravando…pra mim disco baiano é 100% gravado e mixado na Bahia…feito na Bahia…até daria um desconto se fosse mixado fora…mas é o que eu acho…não desmereci ninguém…vc que tá achando isso.

  18. Renata Santana Reply

    O interior baiano em festa com neto lobo e sua cacimba! Parabéns guerreiro! Seu trabalho, sua história, sua obra, são lindos!

  19. Christine Silveira Reply

    Sou fã de Mariella santiago desde sempre!
    Ela é bastante talentosa, dona de uma voz afinada e única, canta com a alma, com o corpo inteiro!
    O Cd ELLA tá maravilhoso, irretocável, repertório refinado e só tem “feras” na banda!
    Além de tudo Mariella é iluminada e tem muita força!
    APLAUSOS pra ELLA e pra os músicos!!!!!

  20. Pingback: Enxurrada de discos baianos programados para 2015 » Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Log in