Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia - :: el Cabong ::

Programação intensa transforma Festa de Yemanjá em grande festival

Há algum tempo a gente vem dizendo que a Festa de Yemanjá, no Rio Vermelho, é um dos eventos mais interessantes da Bahia. Junta fé, religiões, crenças, agradecimentos e oferendas, e também um lado profano muito forte e interessante. Na rua, um público diverso se mistura em torno das várias barracas e ambulantes, que espalham seus sons altos com todo tipo de música, mas especialmente pagode e reggae. Muita suor e cerveja pelas ruas. Nas casas, bares e espaços, o prato principal é a famosa feijoada.

Nos últimos anos, entretanto, tudo isso tem ganhado um tempero especial com vários palcos espalhados pelo bairro, criando uma espécie de festival alternativo, aberto e quase sempre gratuito, com bandas e DJs apresentando música de estilos diversos. Normalmente sem apoio público, as festas são promovidas pelos próprios espaços, com recursos próprios ou ajuda do público. O Lálá, por exemplo, abriu uma campanha de financiamento coletivo e arrecadou um pouco mais de R$ 13 mil, ou 91% do que precisavam. Outros não tem tanta sorte ou iniciativa. O tradicional palco do Dubliners Irish Pub este ano não vai acontecer. O proprietário da casa cansou de ter prejuízo e preferiu não promover o palco com bandas em sua varanda. Outra manifestação que tem ganhado força são os cortejos com bandas, blocos e protestos, com propostas bem diferentes, mas sempre em agradecimento à Rainha do Mar.

Como não poderia ser diferente, a festa revela também as facetas mais problemáticas da cidade, como a escandalosa privatização de área pública, que cada vez vem sendo tratada como algo normal. Reformado pela prefeitura municipal com dinheiro público, o antigo Mercado do Peixe ganhou ares de shopping e foi entregue a iniciativa privada. No Reveillon, e agora na Festa de Yemanjá, os proprietários dos bares e restaurantes do local, com a cumplicidade da Prefeitura e de um associação de bairro, resolveram cercar o espaço, levar grandes atrações musicais e cobrar entrada para o público, aquele mesmo que pagou pela reforma. Uma grande festa está programada para acontecer por lá, cobrando ingressos caros e tornando um espaço público em área nobre para poucos.

Durante a festa, haverá também um contraponto a isso, com um cortejo protestando contra a gentrificação do Rio Vermelho, a privatização do espaço público e a descaracterização das festas populares. Outro cortejo vai incluir mais política ainda na festa, bradando a favor das Diretas Já. Isso tudo em um só dia de festa, mas na véspera já acontecem diversas apresentações e manifestações. Uma coisa é certa, todos caminhos levam ao Rio Vermelho. E viva Yemanjá.

Veja e faça sua programação da festa:

Caminhada Percussiva do CAXERÊ
A já tradicional Oferenda Musical da Caminhada Percussiva do CAXERÊ acontece desde 2003 e apresenta um mix de ritmos nordestinos, com células rítmicas do drum and bass, do funk e do ijexá pelas ruas do Rio Vermelho. São 40 músicos munidos de instrumento de percussão abrindo os festejos logo de manhã e homenageando Claudinha, de Dinha do Acarajé.

Local: Posto Ipiranga – Largo da Mariquita.
Horário: Concentração às 9h
Valor: Gratuito

Odoyá, Diretas Já!
O posicionamento político, não necessariamente partidário, também está presente na Festa da Rainha do Mar. O movimento Diretas Já, ao lado de outros movimentos políticos, como o Iemanjá Fora Temer e Rio Vermelho em Ação, se junta para um cortejo com música, protestos, faixas, cartazes, apitos e tudo mais que tiver direito. Com a cara da Bahia, o cortejo é uma mistura de festejo religioso, festa profana e posicionamento político. No dia 1º, eles se concentram das Quadras da Rua da Paciência com atrações como Pedro Adib, Jonga Lima, Sandra Simões e Tito Bahiense. No dia dia 2, na Praia da Paciência, o cortejo terá participação de centenas de pessoas e de artistas como Mariella Santiago, Sandra Simões e Battucada Anarco-Percussiva.

Local: Praia da Paciência
Horário: Concentração às 9h
Valor: Gratuito

1-IFA
Oferendas Lálá

No casarão, com quatro andares, acontece uma das festas mais incríveis do 2 de fevereiro. O Lálá sedia dois dias de oferendas e shows com nomes essenciais da música feita na Bahia e grandes convidados de fora do estado. No dia 1º, os shows já fazem a rua parar, já criando o clima para o dia seguinte. No dia 2, com uma vista fabulosa, ainda mais em seu último andar, uma sequência de apresentações fazem do local ponto obrigatório da Festa de Yemanjá. Este ano, no dia 1, a partir das 19 horas, acontecem shows de Kiko Dinucci recebendo Juçara Marçal, Ava Rocha, Iara Rennó, Alessandra Leão e Thomas Harres, Márcia Castro recebendo Luê e Lucas Santana, além de vários outros. Na sequência, 1h30 da manhã acontece o Cortejo das Oferendas, com o Bloco de HJ a Oito, Coletivo Visio e Projeto Lugar de Gigantes. No dia 2, o palco recebe ainda mais shows e DJs. Melhor ver a programação com os horários, é imperdível:

4h30 – Ícaro Sá e convidados (Batuques)
5h30 – Performance Lavagem
12h – Coletivo Nozmoskada
13h – Festa Pilantragi
13h40 – Suzy 4 Tons
14h20 – DJ Riffs e DJ Munch
15h – Bruno Capinan convida Karina Buhr, Luana Carvalho, Lukash, Giovani Cidreira, Arthur Nogueira e Vitor Hugo
17h – DJ Tutu Moraes
18h – IFÁ convida: Larissa Luz, Okwei Odili, Xênia França e Anelis Assumpção
20h – DJ Jerônimo Sodré

Atrações: Show Sereios – Bruno Capinan convida Giovani Cidreira, Victor Hugo, LUKASH, Arthur Nogueira e Karina Buhr, I.F.Á. convida Larissa Luz, Anelis Assumpção, e Xênia França, Festa Pilantragi, Coletivo Nozmoscada , Suzy 4 Tons, DJs Riffs e Munch, Tutu Moraes e Gerônimo Sodré
Local: Lálá Multioespaço, Rua da Paciência
Horário: 12h
Ingressos: gratuito e R$30

Na Varanda do Chupito
O Chupito virou a sensação do verão (antes dele, na verdade), com uma multidão se aglomerando do lado de fora. Lá dentro, sempre rolava DJs tocando de tudo. Este ano, pela primeira vez, o bar realiza sua festa homenageando Yemanjá com vários DJs se revezando na varanda, tocando de graça para o público.

Atrações: DJs Lor Breu, Pureza, Big Bross, Coletivo Nozmoskada, Secretinho, Rafabela, Chef e Rodrigo Bento (SP)
Local: Chupito Bar, Rua da Paciência
Horário: 12h
Valor: gratuito

1-funfundudu
Festa no Mar; Festa na Tropos

A Tropos realiza a segunda edição de sua festa para Yemanjá. Começa na véspera com shows de Talita Avelino, Gil Pilar Tropical e Tapuia. É no dia 2, no entanto, que a coisa esquenta com Funfun Dúdú, Suinga, Samba Q Bole e Baile Bandida Tropical, além de feijoada (com opção vegetariana) e shots de bebidas por conta da casa.

Atrações: Funfun Dúdú, Suinga, Samba Q Bole e Baile Bandida Tropical
Local: Tropos Co., Rua Ilhéus
Horário: 10h
Valor: gratuito (shows) e R$ 70,00 (feijoada e serviços)

Ministério Público Saúda Yemanjá
A Travessa Bartolomeu Gusmão recebia antigamente um dos primeiros palcos com artistas de música pop durante a Festa de Iemanjá. Atualmente, a rua segue com a tradição através do Bar Kaos, que voltou a funcionar e recebe o sound system do MiniStereo Público e convidados de luxo, como Russo Passapusso, BNegão, Livia Nery e DJ Magrão. Será uma homenagem aos 12 anos da cultura do sound system na Bahia. Além de música, na rua, aberto ao público, o local terá bufê, com serviço open bar de vodca, cerveja, chope, refrigerante e água.

Atrações: Ministério Público, Russo Passapusso, BNegão, Livia Nery e DJ Magrão
Local: Bar Kaos, Travessa Bartolomeu Gusmão
Horário: 13h
Valor: gratuito (shows) e R$ 100 (bufê)

1-dão
Yemanjá é Black

Já é tradicional naquele imenso casarão da esquina do Largo de Dinha, a realização da festa mais black do Rio Vermelho durante os festejos de Yemanjá. O restaurante Santa Maria abre suas portas e seus quatro andares, com localização e vistas privilegiados, para a festa Yemanjá é Black, realizada pelo ator do Bando de Teatro Olodum Jorge Washington e pela estilista Madá, da Negrif. Este ano a festa terá como atrações Dão & a Caravana Black, e Denise Correia & Banda na Veia da Nêga com participações especiais de Michaela Harrison e Lazzo. Além dos shows, as camisas garantem uma disputada feijoada.

Atrações: Dão & A Caravana Black, Denise Correia & Banda na Veia da Nêga, Michaela Harrison e Lazzo
Local: Santa Maria Bar e Restaurante – Largo de Santana (Dinha)
Horário: 13h
Valor: R$ 90 (individual) e R$ 160 (casadinha)

Oferenda Musical
A loja MídiaLouca promove seu palco na festa de Yemanjá há alguns anos. Já se tornou tradicinal e uma boa opção para quem quer fugir um pouco do epicentro da festa. Numa rua mais tranquila, com acesos ao mar e saída mais fácil da festa, este ano o palco terá Rafael Pondé, Los Baganas e o DJ paulista da festa Pilantragi, Rodrigo Bento.

Atrações: Rafael Pondé, Los Baganas e DJ Rodrigo Bento
Local: Loja Mídialouca – Rua Fonte do Boi
Horário: 16h20
Valor:: gratuito

1-thebaggios-1
Palco da Companhia de Pizza

É um dos palcos mais interessantes da festa. Tanto pela localização, fora do local de maior muvuca, quanto pelas atrações e pelo horário. Acontece mais tarde, depois da maior parte das festas e é quase sempre o melhor lugar para encerrar a noite. Este ano, vai receber a excelente banda sergipana The Baggios, a juazeirense Semivelhos, além dos locais Di Maré, O Liberato.

Atrações: The Baggios, Semivelhos, Clariana Froes, Di Maré e O Liberato
Local: Praça da Companhia de Pizza
Horário: 17h30
Valor: gratuito

Feijoada do Bereguedê
Todo ano acontece o cortejo do Bereguedê. Este ano o rumo é a Casa 149.

Local: Casa 149, Rua da Paciência
Horário: 12h
Valor: R$ 50 (camisa com direito a feijoada)

1-attooxxa
Festejo Baianidades

Destoando da festa na rua, a Commons realiza na sua área interna, seu evento com música e feijoada. No cardápio, um dos sons mais atuais e interessantes da Bahia, o Baile Black Bang, de ÀTTØØXXÁ.

Atrações: ÀTTØØXXÁ – Baile Black Bang
Local: Commons Studio Bar
Horário: 11h (feijoada) show (15h)
Valor: $10 (sem feijoada) e $30 (com feijoada)

Festa na Rua – A Roda Gira – Salve Odoyá
O Coletivo A Roda promove festa na rua, com DJs, comida vegana e drinks especiais.

Atrações: Coletivo A Roda , Urubu Marinka, DJs B.etc, Calangotango  e Jptr91
Local: Padaria Yemanjá (em frente ao Banco do Brasil), rua Oswaldo Cruz
Horário: 11h
Valor: Contribuição colaborativa (sugestão minima R$5,00)

A Feira da Cidade Sereiou
A feira mais interessante da cidade também vai estar presente na Festa de Yemanjá. A Casa da Feira vai ter balaio, comidas e, claro, música.

Atrações: Bahia Experimental convida
Local: Casa Guiô, Rua Odilon Santos (perto da Commons)
Horário: 8h

Iemanjá com Jabuticaba
A festa Jabuticaba realiza tamnbém sua edição dentro do dia de Yemanjá.

Atrações: Djalma, Coletivo Invisível e Kombisoul
Local: Lebowski Pub, Rua da Paciência
Horário: 15h

Céu Salvador
O Hostel Salvador realiza festa no seu terraço com DJs de música eletrônica e música ao vivo

Atrações: Clariana Froes, Amy Reggaehouse, Dj Renata Brasil, Dj Fiusk e Rafa Mattei
Local: Terraço The Hostel Salvador, Travessa Prudente de Moraes
Horário: 13h
Valor: R$ 60 Homens e R$ 50 Mulheres – Lista amiga até o dia 01/02, R$ 50 Homens e R$ 40 Mulheres

Festa Yemanjá

Atrações: Fabio Lima part Afrojhow e Dj Duda M
Local: Beco do Kiss – Rio Vermelho
Horário: 13h
Valor: R$30

1-Carlinhos-Brown2
Enxaguada de Yemanjá

Apesar de discordar totalmente de uma festa particular, cobrando ingressos caros, num espaço público, reformado com o dinheiro da população, não dá para não incluir a festa de Carlinhos Brown. Depois dos dez anos da Enxaguada du Bonfim, ele vai promover, pela primeira vez, a Enxaguada de Yemanjá. O formato é o mesmo, com o cantor e compositor recebendo artistas de peso, como Vanessa da Mata, Luiz Caldas, Danilo Caymmi, Margareth Menezes e Mukindala, além da abertura da Banda Didá.

Atrações: Carlinhos Brown, Vanessa da Mata, Luiz Caldas, Danilo Caymmi, Margareth Menezes, Mukindala e Cortejo da Banda Didá
Local: Vila Caramuru (antigo Mercado do Peixe)
Horário: 16h
Valor: R$ 60 (pista) e R$ 120 (área vip)

Yemanjá Vip
Tem isso também, aqueles que não só fazem festa fechada, mas que adoram se sentir especiais e inventam festas Vip. VIP vem de Very Important Person, ou Pessoas Muito Importantes. Só não entendo como as pessoas se sentem importantes tendo que pagar caro. Além de excludente, a festa segue a lógica machista de cobrar menos para mulheres. As atrações são a banda de samba Batifun e o ótimo DJ Mauro Telefunksoul

Atrações: Batifun e Mauro Telefunksoul
Local: Casa Almendra
Valor: R$ 100 feminino e R$ 120 masculino

Odoyá – Festa de Yemanjá

Atrações: Edu Casa Nova
Local: Terraço do Hotel Golden Tulip, Rua Monte Conselho
Horário: 13h
Valor: R$ 220

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log in