Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia - :: el Cabong ::

Os festivais e feiras de música no Brasil em 2018; veja calendário

Durante um bom tempo, festivais de música no Brasil eram conhecidos por aquelas competições de músicas e artistas transmitidas pela TV, que celebraram nossa tradicional MPB nos anos 60. Tempos depois, surgiram os grandes festivais, com renome internacional, como Rock in Rio e Lolapalooza. Porém, são os festivais independentes que marcam e movimentam a música brasileira atual. Espalhados por diversos estados e cidades do país, se tornaram um dos principais pilares para artistas, músicos e bandas. São dezenas deles, realizados durante todo ano, de janeiro a dezembro, de diferentes tamanhos, com propostas diversas, e aglutinando todo tipo de gênero musical. 

Para 2018, mais de 40 deles já estão confirmados, alguns com mais de duas décadas de existência, como o Abril Pro Rock, que realiza a sua 26ª edição nos dias 28 e 29 de abril, no Recife. Um dos mais importantes, o Bananada, de Goiânia, que promove sua 20ª edição entre os dias 7 a 13 de maio, já divulgou as primeiras atrações, entre elas Gilberto Gil, Rincon Sapiência, Francisco el Hombre, Ava Rocha e Giovani Cidreira.

Festival Bananada em Goiânia tem se transformado em um dos principais do país.

Festival Bananada em Goiânia tem se transformado em um dos principais do país.

Para janeiro estão marcados dois dos mais novos, o Hacienda Festival, dias 21 e 22, em Maceió (AL), e o Satélite 061, entre os dias 23 e 28, em Brasília (DF). A sequência segue sem parar, de mês a mês, passando por todas as regiões do país e quase todos os estados, do interior de Minas e Bahia, até capitais como São Luís, Palmas, Natal e Belém. Não para nem para o Carnaval. Pelo contrário, todo ano, paralelo à tradicional festa, são realizados festivais já históricos, como o Rec-Beat, no Recife, e o Palco do Rock, em Salvador, ambos de 10 a 13 de fevereiro; o Psycho Carnival, de 8 a 12 de fevereiro, em Curitiba e o Psicodália, de 9 a 14 de fevereiro, em Rio Negrinho (SC). No primeiro semestre, se destacam ainda dois no estado de São Paulo, o Contato, em maio, em São Carlos (SP), e o Vento, de 31 de maio a 3 de junho, no Litoral Norte.

A maior parte, no entanto, está concentrada no segundo semestre. Só Brasília recebe três deles, o CoMA, na primeira quinzena de agosto; o Porão do Rock, nos dias 1 e 2 de setembro; e o Favela Sounds, programado para os dias 17 a 22 do mesmo mês. A região Centro-Oeste tem ainda Goiânia recebendo o Goiânia Noise, de 10 e 11 de agosto; e o Vaca Amarela, em setembro.

O Nordeste é outra região repleta de festivais. Natal recebe dois deles, o MADA, que está definindo sua data em outubro, e o Dosol, que acontece em novembro. Salvador recebe o Big Bands, em setembro ou outubro, e o Radioca, em novembro. Recife, sedia o Coquetel Molotov no dia 20 de outubro, enquanto São Luís do Maranhão promove o BR 135, entre os dias 17 e 19 de novembro. Na segunda parte do ano se destacam ainda três festivais em setembro, o Coala Festival, no dia 1º, em São Paulo; o Se Rasgum, Belém, e o Timbre, em Uberlândia, Minas Gerais. (Veja calendário completo com os festivais abaixo)

Festival BR 135,em São Luís, é dos mais novos e promissores festivais do país. Foto: Marco Aurélio

Festival BR 135,em São Luís, é dos mais novos e promissores festivais do país.
Foto: Marco Aurélio

Eventos para o mercado
Diferente dos festivais, as feiras de música não têm no público seu foco principal. Voltadas para o mercado e frequentadas por produtores, empresários, jornalistas e artistas, elas trazem discussões sobre os rumos do mercado, rodadas de negócios, oficinas e atividades de formação e troca de informação, conhecimento e expertise. No Brasil as feiras se proliferaram nos últimos anos, com vários estados promovendo seus próprios eventos. Cada uma possui sua característica, umas com mais foco nas conferências, outras nas rodadas de negócios, showcases para compradores, ou em standes com produtos e serviços. Em comum, um atrativo para artistas e empresários mostrarem seus trabalhos para profissionais responsáveis por festivais, casas de shows, gravadoras do Brasil e do exterior.

As primeiras feiras já acontecem no começo do ano, como o Porto Musical, uma das principais do país que volta a ser realizada em 2018, de 1 a 3 de fevereiro, no Recife (PE). A oitava edição do evento anunciou uma programação com seminários, conferências, rodada de negócios, oficina de criação e showcases, em plena semana pré-carnavalesca. No mesmo período, começando dia 31 de janeiro e indo até 2 de fevereiro, acontece o Lado BA, em Salvador (BA). Criado como um festival, se transformou no últimos anos em um evento que se denomina de “Música e Processos Colaborativos”, promovendo shows, conferências e rodadas de negócios com agentes da música do Brasil e de outros países. Este ano, em sua quinta edição, o Lado BA vai aproveitar a tradicional festa de Iemanjá e compartilhar os palcos de casas de shows espalhados na festa no bairro do Rio Vermelho.

Uma das maiores e principais conferências do país, a SIM São Paulo reúne profissionais do mercado brasileiro e internacional.

Uma das maiores e principais conferências do país, a SIM São Paulo reúne profissionais do mercado brasileiro e internacional.

São Paulo recebe de 7 a 10 de março a Brazil Music Conference, conferência que reúne o mercado da música eletrônica e entretenimento na América Latina. Surgida em 2009, no Rio de Janeiro, como Rio Music Conference (RMC), e rebatizada em 2017, o evento se propõe como espaço para conexões entre os profissionais do setor, oferecendo mais de 100 atividades como workshops, painéis de discussão, showcases, Q&As e apresentações de caso.

Em agosto, o Nordeste recebe mais duas feiras, a Digitália, em Salvador, e a Feira da Música, em Fortaleza, ambas entre os dias 15 a 18 de agosto. A primeira é uma espécia de congresso internacional de música e cultura digital, que volta a acontecer depois de 5 anos. Já a Feira da Música é uma das mais resistentes e duradouras do formato. Em 2018 realiza sua 17ª edição, mantendo a proposta de funcionar como pólo de discussão, divulgação e intercâmbio da produção musical, da indústria fonográfica e das mais diversas áreas que compõem o mercado musical.

Nos mesmos moldes, acontece em Belo Horizonte, de 6 a 9 de setembro, a Música Mundo; e em Sorocaba (SP), a Febre – Festival Conferência de Música, que está prevista para acontecer de 13 a 21 de outubro. No fim do ano, de 5 a 9 de dezembro, na capital paulista, será realizada mais uma edição da talvez maior das feiras de música do país, a SIM São Paulo. Recebendo milhares de profissionais do Brasil e do exterior, a conferência é uma verdadeira imersão no universo da música, com debates, mesas redondas, speed meetings, rodadas de negócios, show cases, stands e diversos shows pelas casas de shows da cidade. A última feira do ano é a MATE – Música, Arte, Tecnologia e Educação, em Porto Alegre/ RS, que acontecerá em dezembro.

Calendário de feiras e festivais:

  • Hacienda Festival – Maceió/ AL
    21 e 22 de janeiro
  • Satélite061 – Brasília/ DF
    23 a 28 de janeiro
  • Lado BA – Salvador/ BA
    31 de janeiro a 2 de fevereiro
  • Porto Musical – Recife/ PE
    1, 2, 3 de fevereiro
  • Psycho Carnival – Curitiba/ PR
    8 a 12 de fevereiro
  • Festival Faro – Rio de Janeiro/ RJ
    9 de março
  • Psicodália – Rio Negrinho/ SC
    9 a 14 de fevereiro
  • Rec-Beat – Recife/ PE
    10 a 13 de fevereiro
  • Palco do Rock – Salvador/ BA
    10 a 13 de fevereiro
  • Sangue Novo – Salvador/ BA
    Março
  • Cena Cerrado – Uberlândia/ MG
    8 a 11 de Março
  • Zona Mundi – Salvador/ BA
    16 a 18 de março
  • Festival Brasileiro de Música de Rua – Caxias do Sul/ RS
    24 e 25 de março
  • Fora da Casinha – São Paulo/ SP
    07 de abril provavelmente
  • Maloca Dragão – Fortaleza/ CE
    24 a 29 abril
  • Abril Pro Rock – Recife/ PE
    28 e 29 de abril
    Atrações confirmadas: Sacred Reich (EUA), Immolation (EUA) e Hanagorik (PE)
  • Tenho Mais Discos que Amigos – Brasília/ DF
    Abril
  • Contato – São Carlos/ SP
    2 à 6 de Maio (à confirmar)
  • Coolritiba – Curitiba/ SP
    5 de maio
  • Convida – Brasília/ DF
    maio (provável)
  • Bananada20 – Goiânia/ GO
    07 a 13 de maio
    Atrações confirmadas: Gilberto Gil Refavela 40, KL Jay, Rincon Sapiência, Francisco El Hombre, Carne Doce, Giovani Cidreira, The Ganjas (CHILE), Bruna Mendez, Ava Rocha, Holger, Jorge Cabeleira e o Dia Em Que Todos Seremos Inúteis, Molho Negro, Vamoz!, Violins, Gorduratrans, In Corp Santics (ARGENTINA), Marcelo Callado, Kalouv, Laura Lavieiri e Sarah Abdala
  • Vento – Litoral Norte/ SP
    31 de maio a 03 de junho
  • Mineiro Beat – Uberlândia/ MG
    16 a 19 de junho
  • Tum Sound Festival Floripa – Florianópolis/ SC
    16 a 22 de julho
  • Paraíso do Rock – Paraíso do Rock/ PR
    13 e 14 de julho
  • 53 HC Music Festival – Belo Horizonte/ MG
    Julho ou agosto
  • Festival Marreco – Patos/ MG
    30 de julho a 5 de agosto (a confirmar)
  • Goiânia Noise – Goiânia/ GO
    10 e 11 de agosto
  • Digitália – Salvador/ BA
    15 a 18 de agosto
  • Dia da Musica – São Paulo e outras cidades
    agosto
  • CoMA – Brasília/ DF
    primeira quinzena de agosto
  • Feira da Música – Fortaleza/ CE
    15 a 18 de agosto
  • Festival Transborda de BH – Belo Horizonte/ MG
    15 a 18 de agosto
  • Porão do Rock – Brasília/ DF
    1 e 2 de setembro
  • Coala Festival – São Paulo/ SP
    1 de setembro
  • Festival Se Rasgum – Belém/ PA
    primeira quinzena de setembro
  • Música Mundo – Belo Horizonte/ MG
    6 a 9 setembro
  • Festival Timbre – Uberlândia/ MG
    14, 15 e 16 de setembro
  • Favela Sounds – Brasília/ DF
    17 a 22 de setembro
  • Vaca Amarela – Goiânia/ GO
    Setembro
  • Bigbands – Salvador/ BA
    setembro/outubro ainda não definido
  • Febre Festival Conferência de música – Sorocaba/ SP
    13 a 21 de outubro (a confirmar)
  • Coquetel Molotov – Recife/ PE
    20 de outubro
  • MADA – Natal/ RN
    12/13 de outubro ou 19/20 de outubro
  • Demo Sul – Londrina/ PR
    5 a 7 de novembro
  • Radioca – Salvador/ BA
    10 e 11 de novembro
  • Festival BR 135 – São Luís/ MA
    17 a 19 de novembro
  • Feira Noise – Feira de Santana/ BA
    23 a 25 de Novembro
  • Suiça Baiana – Vitória da Conquista/ BA
    23 a 25 de Novembro
  • Dosol – Natal/ RN
    24 e 25 de novembro (a confirmar)
  • Bem Ali Festival – Palmas/ TO
    novembro
  • Morrostock – Santa Maria/ RS
    30/11 a 2/12
  • SIM São Paulo – São Paulo/ SP
    5 a 9 de dezembro
  • MATE – Música, Arte, Tecnologia e Educação – Porto Alegre/ RS
    dezembro
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log in