Para quem gosta de música sem preconceitos - el Cabong

Os 18 shows imperdíveis de janeiro em Salvador

O verão é quando Salvador mais se agita, com turistas, visitantes e muita opções na cidade. Nos últimos anos, tem sido uma espécie de refúgio para quem quer fugir do clima de ódio que assola várias regiões do país. A partir de janeiro isso ganha grandes proporções, com artistas, bandas e coletivos de todo tipo passando pela cidade, sem falar de projetos especiais, ensaios para o Carnaval, lançamentos de discos, encontros  e várias outras atividades espalhadas pela cidade. Destacamos alguns dos shows imperdíveis que passam por estilos diversos. Tem Luedji Luna com Lazzo, francisco el hombre, Maglore, Livia Nery, Lucas Santtana, João Bosco, Ivan LIns e Monica Salmaso homenageando Elis, entre vários outros.

Lembrando que quem quiser saber da agenda completa do mês e até do que está programado para os meses seguintes, basta acessar a Agenda do el Cabong.

Digital Dubs

Um dos principais nomes da cultura dub/reggae/sound system do país, o coletivo carioca Digital Dubs vem mostrar porque é uma referência em seu estilo. Em atuação desde 2001, o grupo tem à frente o dj Marcus MPC, com uma seleção que cobre todos os estilos da música jamaicana, do reggae roots até o dub e dancehall – incluindos hits e músicas exclusivas. Ele é acompanhado dos mcs residentes, responsáveis por cantar a músicas e pelos improvisos. Saiba mais do grupo.

Conexão Mais Reggae – Digital Dubs
Local: Commons Studio Bar – Rio Vermelho
Data: 03 de janeiro, sexta
Horário: 22 horas
Ingresso: R$ 15  | R$ 20
Vendas: Sympla

Afrocidade

Shows Janeiro Salvador Afrocidade

Uma das sensações dos últimos anos na região metropolitana de Salvador, a banda Afrocidade traz seu Afrobaile para o Pelourinho, recebendo convidados especiais. A festa, que já é um sucesso há três anos em Camaçari, cidade natal do grupo, é resultado de um caldeirão de expressões musicais afrodiaspóricas. É pagode, afrobeat, arrocha, reggae, dub e ragga, tudo com forte percussão e discurso politizado. Saiba mais sobre o grupo.

Afrobaile – Afrocidade e convidados
Local: Largo Quincas Berro D’água (R. do Açouguinho, 12 – Pelourinho)
Data: 04 de janeiro, sábado
Horário: 21 horas
Ingresso: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada)
Vendas: Sympla

Nômade Orquestra

Jazz, funk70, rock, dub, afrobeat, reggae, blues e ethiogrooves. Tudo ao mesmo tempo, com um groove pesado levado por dez músicos. Essa é a Nômade Orquestra, uma big band que vem direto do ABC Paulista para apresentar seu novo disco, Vox Populi, Vol. 1. Pela primeira vez a banda utiliza as vozes como instrumento. Saiba mais sobre o grupo.

Intercenas Musicais – Nômade Orquestra
Local: Commons Studio Bar – Rio Vermelho
Data: 04 de janeiro, sábado
Horário: 20 horas
Ingresso: R$ 10 1º lote promocional | R$ 15 2º lote promocional | R$ 25
Vendas: Sympla

Luedji Luna e convidados

O projeto Padrinhos da música promove um encontro de gerações e reúne uma das grandes revelações da música baiana nos últimos anos, Luedji Luna, com talvez a voz mais marcante dessa música, Lazzo Matumbi. A cantora apresentará o repertório do EP Mundo, ao lado do DJ Nyack, e vai contar com as participações de Zudizilla, Stefanie, Underismo, Cronista do Morro, além de Lazzo, seu padrinho na música. Certeza de um passeio histórico pela música afro-baiana de ontem de hoje. aqui dos artistas Saiba mais sobre a artista aqui.

Festival Padrinhos da Música – Lueji Luna convida Lazzo Matumbi.
Local: Trapiche Barnabé – Comércio
Data: 05 de janeiro, domingo
Horário: 16 horas
Ingresso: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia entrada)
Vendas: Sympla

Larissa Luz

Shows Salvador Janeiro Larissa Luz

O outro encontro da noite no Padrinhos da música reúne duas cantoras negras de respeito. Larissa Luz convida Margareth Menezes para uma apresentação focada na música afro-baiana contemporânea e no repertório de ambas as artistas. Um encontro de convergências, mas também com cada uma mostrando suas trajetórias e referências. Saiba mais sobre as artistas aqui e aqui.

Festival Padrinhos da Música – Larissa Luz convida Margareth Menezes.
Local: Trapiche Barnabé – Comércio
Data: 05 de janeiro, domingo
Horário: 16 horas
Ingresso: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia entrada)
Vendas: Sympla

Bia Ferreira e Doralyce

Bia Ferreira e Doralyce Shows Salvador Janeiro

Mais duas das novas vozes da música preta brasileira, ou como se definem música afroturista brasileira. A sergipana Bia Ferreira e a pernambucana Doralyce trazem pela primeira vez para Salvador o show ‘Preta Leveza’. Nele cantam o amor como cura, como força, como impulso, como uma necessidade em tempos de ódio e preconceito. Saiba mais das artistas aqui e aqui.

Preta Leveza – Bia Ferreira e Doralyce convidam Preta-Rara e Eva RapDiva
Local: Largo Quincas Berro D’água (R. do Açouguinho, 12 – Pelourinho)
Data: 09 de janeiro, quinta-feira
Horário: 20 horas
Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada)
Vendas: Sympla

Pietá

Formada por Juliana Linhares, Frederico Demarca e Rafael Lorga, a banda carioca Pietá faz um passeio pela música brasileira. Se no primeiro disco o trio fazia um som mais acústico, com uma mistura da tradição e do popular, mesclando ritmos regionais nordestinos com o samba, em seu segundo álbum, ‘Santo Sossego’, o grupo vai por outro caminho. Apostando em letras engajadas, agora a sonoridade é mais crua e urbana, com sintetizadores e guitarras plugadas. Saiba mais sobre a banda aqui.

Intercenas Musicais – Pietá
Local: Commons Studio Bar – Rio Vermelho
Data: 10 de janeiro, sexta
Horário: 20 horas
Ingresso: R$ 10 1º lote promocional | R$ 25
Vendas: Sympla

Olodum

O tradicional e importantíssimo bloco Olodum apresenta seu mais novo espetáculo dentro do projeto Concha Negra. “Olodum 40 Anos: Samba-Reggae Original” exalta as riquezas e diversidades musicais afro-baianas e marca o lançamento do novo EP do bloco. Mantendo o samba-reggae como força matriz para falar de paz, mudanças sociais e negritude, recebe como convidados a cantora Ana Mametto e a banda Adão Negro. O repertório relembra grandes sucessos e apresenta novas músicas. Saiba mais sobre o grupo.

Concha Negra – Samba Reggae Original – Olodum
Data: 11 de janeiro (sábado)
Local: Concha Acústica do Teatro Castro Alves 
Horário: 19 horas
Valor: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Vendas: bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelos canais da Ingresso rápido.

Livia Nery

Com um dos melhores discos lançados no Brasil em 2019, a cantora e compositora Livia Nery segue abrindo caminho para se consolidar como mais um dos grandes nomes da música contemporânea da Bahia. Ela agora volta a Salvador recebendo como convidado Curumin, produtor de seu disco. Saiba mais da artista aqui.

Intercenas Musicais – Livia Nery convida Curumin
Local: Commons Studio Bar – Rio Vermelho
Data: 11 de janeiro, sábado
Horário: 20 horas
Ingresso: R$ 10 1º lote promocional (esgotado)| R$ 15 2º lote promocional | R$ 25
Vendas: Sympla

Ronei Jorge e Os Ladrões de Bicicleta

Shows Janeiro Salvador Ronei Jorge Ladrões de Bicicleta

Eles lançaram dois discos fundamentais para o pop rock baiano, faziam show marcantes e há 10 anos resolveram parar com as atividades da banda. Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta são daqueles grupos com um entrosamento que é bonito de se ver. Depois de 7 anos sem se apresentarem juntos, eles fazem um show especial relembrando a carreira. Leia mais sobre o show aqui e saiba mais sobre a banda aqui.

Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta
Local: Commons Studio Bar – Rio Vermelho
Data: 17 de janeiro, sexta-feira
Horário: 21 horas
Ingresso:
Vendas:

Baco Exu do Blues

Em pouco tempo, Baco Exu do Blues se tornou um dos grandes nomes do rap nacional. Ele volta apresenta o show ‘Baco na Concha’, espetáculo em que recebe nomes de seu selo 999: os rappers Celo Dut e Young Piva e o ator e músico Vírus, além do cantor Dactes.  O repertório vai de músicas de seus dois discos lançados, ‘Bluesman’ e ‘Esú’, além das primeiras pistas do novo álbum, ‘Bacanal’.

Concha Negra – Baco Exu do Blues convida Celo Dut, Young Piva, Vírus e Dactes. Abertura: Nara Couto e DKVPZ
Data: 18 de janeiro (sábado)
Local: Concha Acústica do Teatro Castro Alves 
Horário: 19 horas
Valor: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Vendas: bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelos canais da Ingresso rápido.

Lucas Santtana

Depois de shows por 9 cidades na França, Lucas Santtana engata uma turnê de verão por 11 cidades brasileiras apresentando seu mais novo disco. Neste show, o músico se apresenta sozinho no palco, mas leva o estúdio junto, com, Klaus Senna, o técnico de som, manipulando pedais e efeitos da mesa. Uma reprodução dos mesmos caminhos estéticos encontrados no disco. No repertório, as 10 canções do novo álbum, inéditas e alguns hits da carreira. Saiba mais sobre o artista.

Lucas Santtana
Data: 22 de janeiro (quarta-feira)
Local: Teatro Gregório de Matos
Horário: 19 horas
Valor: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)
Vendas: sympla

Homenagem a Elis Regina – Ivan Lins e João Bosco

Uma inédita homenagem àquela que é considerada a maior cantora brasileira de todos os tempos, Elis Regina. No palco João Bôsco e Ivan lins protagonizam uma releitura de alguns dos maiores sucesso compostos por eles e cantados pela cantora. Para ficar dar ainda mais brilho, eles recebem a premiada cantora Monica Salmaso como convidada.

Homenagem a Elis Regina – Ivan Lins e João Bosco part. Monica Salmaso
Data: 23 de janeiro (quinta-feira)
Local: Sala Principal do Teatro Castro Alves 
Horário: 21 horas
Valor: R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia) Filas A a P | R$ 150 (inteira) e R$ 75 (meia) Filas Q a Z8 | R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia) Filas Z9 a Z11
Vendas: bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelos canais da Ingresso rápido.

francisco, el hombre 

O quinteto paulista mistura elementos musicais de Brasil, Argentina e outros da América Latina. Mas se antes soavam mais próximos a coco, cumbia, maracatu, salsa e sopros de ciranda, agora o grupo abre o leque, soando mais punk-rock, eletro-punk e freak. O novo show é baseado no disco mais recente do grupo, ‘Rasgacabeza’, lançado em 2019, no qual aprofunda a verve política. Saiba mais sobre o grupo aqui.

francisco, el hombre e Sonora Amaralina
Data: 24 de janeiro (sexta-feira)
Local: Largo Quincas Berro D’água (R. do Açouguinho, 12 – Pelourinho)
Horário:  20 horas

Lazzo Matumbi

Shows Janeiro Salvador Lazzo Matumbi Concha Negra

Como já dissemos lá em cima, Lazzo é uma das vozes mais marcantes da música baiana. Passeando por reggae, soul, samba e toda a música negra possível, ele vem há 40 anos cantando, mas também compondo, verdadeiros clássicos imortais de nossa música. Aqui ele faz um show especial no projeto Concha Negra recebendo Aiace, Opanijé e Michaela Harrison como convidados especiais e desfilando os diversos sucessos da carreira. Saiba mais sobre o artista aqui.

Concha Negra – O Nosso Jeito de Ser
Lazzo Matumbi convida Aiace, Opanijé e Michaela Harrison
Abertura: Ministereo Público
Data: 25 de janeiro (sábado)
Local: Concha Acústica do Teatro Castro Alves 
Horário: 18h30
Valor: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)
Vendas: bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelos canais da Ingresso rápido.

Bruno Capinan

Shows Janeiro Salvador Bruno Capinan

O cantor e compositor baiano, radicado no Canadá, apresenta o show de seu mais recente disco ‘Real’. Nele, Capinan fala de relacionamentos fluídos, sexo, solidão e medo se baseando numa sonoridade entre o pop e a MPB. Saiba mais sobre o artista aqui.

Bruno Capinan
Data: 25 de janeiro (sábado)
Local: Lálá

Maglore

Shows Salvador Janeiro

Uma das bandas mais bem sucedidas do pop-rock baiano, a Maglore volta a sua terra natal para fazer um apanhado da carreira em um show acompanhado de um trio de metais. O repertório passa pelos quatro discos do grupo, com vários sucessos. Saiba mais sobre a banda aqui.

Maglore com Metais
Data: 26 de janeiro (domingo)
Local: Praça Quincas Berro D’Água – Pelourinho
Horário: 17 horas
Valor: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Vendas: sympla

Tagged under:

1 Comentário

  1. Pingback: Festival STU reúne Nação Zumbi, Vivendo do Ócio e Pedro Pondé | » Para quem gosta de música sem preconceitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Log in