Para quem gosta de música sem preconceitos - el Cabong

Os 14 shows imperdíveis de julho em Salvador

Julho é considerado o mês do rock e é exatamente o rock que se destaca na agenda de shows em Salvador nesse início de segundo semestre. O festival Rock Concha puxa a fila de shows, com nomes como Ratos de Porão e Planet Hemp, além de vários outros em sua grade. Durante o mês, tem rock ainda com a veterana banda gaúcha Krisium voltando à capital baiana, dentro do festival itinerante Garage Sounds Music Festival, que tem também shows com nomes como Dead Fish e Molho Negro. Chama atenção também a presença do rap na cidade, com dois dos maiores nomes do gênero aportando por aqui, Emicida e Djonga. Outros destaques de fora da cidade são Arrigo Barnabé, Liniker & os Caramelows e Léo Cavalcanti. Evidente que a programação traz também importantes nomes locais, com shows especiais, seja o encontro da OSBA com o BaianaSystem, a gravação do DVD das Ganhadeiras de Itapuã, um novo show do sempre excelente Lazzo, ou os sempre animados bailes com o ÁttoxxÁ. Tem ainda muitos outros shows, como Ponto de Equilíbrio, Dada Yute, Zizi Possi, que você pode ver em nossa agenda de shows.

Veja também:
– Festival Afropunk vem para Salvador em 2020.
Brujeria anuncia turnê no Brasil com show em Feira de Santana.
– Turnê do Racionais MC’s tem novas datas, lugares definidos e ingressos à venda.

OSBA e BaianaSystem

Para marcar as comemorações da Independência da Bahia, a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) e a banda BaianaSystem realizam um show conjunto, inédito e que promete ser histórico. O “Concerto da Independência” não é um show da OSBA com participação do Baiana, nem do Baiana com participação da OSBA. A apresentação terá as duas formações juntas ao mesmo tempo no palco. O encontro especial tem como repertório músicas da banda tiradas dos discos ‘Duas Cidades’ e ‘O Futuro Não Demora’ e clássicos de grandes compositores da música de concerto. O resultado é um diálogo entre naipes de corda e de sopros, e as batidas eletrônicas, a percussão e a guitarra baiana.

OSBA + BaianaSystem – ‘Concerto da Independência”
Data: 2 de julho de 2019 (terça-feira)
Local: Concha Acústica – Campo Grande
Horário: 19 horas
Valor: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia) – Plateia | R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia) – Camarote
Vendas: Ingresso rápido, Bilheteria Teatro Castro Alves, SAC do Shopping Barra e SAC do Shopping Bela Vista

Leo Cavalcanti

Atualmente residindo em Salvador, o cantor e compositor paulistano Leo Cavalcanti começa a apresentar seu novo disco em apresentações ao vivo. Munido de sua voz e violão, além de batidas e programações eletrônicas, ele retorna aos palcos para cantar algumas das canções desse novo trabalho. Cavalcanti mostra uma nova sonoridade, presente no show também através das releituras de seus dois discos, “Religar”(2010) e “Despertador” (2014) e das interpretações de canções de outros autores.

Leo Cavalcanti
Data: 05 de julho de 2019 (sexta-feira)
Local: Teatro SESI Rio Vermelho (Rua Borges dos Reis, 9 – Rio Vermelho)
Horário: 20h30
Valor: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Vendas: Sympla

Arrigo Barnabé

O cantor, compositor e instrumentista Arrigo Barnabé há dez anos não se apresenta na Bahia. Neste mês de julho, ele retorna para apresentar o show “Quero que Vá Tudo pro Inferno”, no qual mergulha na obra de Roberto e Erasmo Carlos. O paranaense foca o repertório do show entre as canções mais românticas e líricas da dupla. Estarão lá as composições irreverentes e inconformadas e aquelas com um um toque mais existencialista. Nessa mistura, estarão presente vários sucessos imortais como “Gatinha Manhosa”, Como é Grande o meu Amor por Você”, “Eu te Darei o Céu”, “Detalhes”, “Quero que vá Tudo para o Inferno”, “Sua Estupidez”, “Se Você Pensa”, “Sentado à Beira do Caminho” e “As Curvas da Estrada de Santos”.

Arrigo Barnabé – Quero que Vá Tudo pro Inferno
Data: 5 e 6 de julho de 2019 (sexta e sábado)
Local: Café-Teatro Rubi – Centro
Horário: 20h30
Valor: R$ 100
Vendas: online e Café-Teatro Rubi (3013.1011) segunda a sábado, das 14h às 19h (em dias de apresentação, até às 20h30)

Emicida

Já não há dúvidas que a nova safra de artistas da música brasileira é uma realidade. Assim como, que Emicida é um dos principais expoentes dessa geração. O cantor e compositor é um dos nomes da música brasileira contemporânea capaz de gerar uma ótima sequência de discos, músicas, clipes e atingir um imenso público, inclusive fora do universo da chamada música “independente”. Seu rap já extrapolou o gênero e o flerte com diversas outras sonoridades o coloca no patamar mais lato de nossa música.

Bud Basament – Emicida e Afrocidade
Data: 6 de julho de 2019 (sábado)
Local: Trapiche Barnabé – Comércio
Horário: 18 horas
Valor: R$ 40 (lote 2)
Vendas: Sympla

Lazzo Matumbi

O versátil e sempre incrível Lazzo Matumbi apresenta mais uma vertente de sua carreira. Nesse show, “Batuques do Coração”, o cantor e compositor foca no seu lado intérprete homenageando os artistas ligados ao samba da Bahia. Um show que resgata as músicas dos blocos de samba que recontam parte da história do povo negro no Brasil. No repertório, composições de Batatinha, Ederaldo Gentil, Walter Lima, Edil Pacheco, Nelson Rufino e diversos outros mestres do samba baiano. No show, ele interpreta ainda clássicos de Donga, João da Bahiana e Heitor dos Prazeres, precursores do samba no país.

Lazzo Matumbi em “Batuques do Coração”
Data: 6 e 7 de julho de 2019 (sábado e domingo)
Local: Sala do Coro do TCA – Campo Grande
Horário: 20 horas
Valor: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Vendas: Ingresso rápido, Bilheteria Teatro Castro Alves, SAC do Shopping Barra e SAC do Shopping Bela Vista

Liniker e os Caramelows

Desde maio e até outubro, Liniker e os Caramelows estão em uma extensa turnê internacional, passando por diversos países de três diferentes continentes. Uma das poucas paradas no Brasil é para essa apresentação em Salvador, quando fazem o lançamento do segundo álbum da carreira, ‘Goela Abaixo’. O trabalho segue a linha do já conhecido trabalho de Liniker, que a catapultou como grande voz da atualidade, alternando momentos intimistas, contemplativos, com outro dançantes com muito groove.

Lançamento do álbum ‘Goela Abaixo’ de Liniker e os Caramelows
Data: 11 de julho de 2019 (quinta-feira)
Local: Teatro Castro Alves – Campo Grande
Horário: 21 horas
Valor: R$ 120 (inteira) / R$ 60 (meia) – Filas A a P | R$ 100 (inteira) / R$ 50 (meia) – Filas Q a Z | R$ 80 (inteira) / R$ 40 (meia) – Filas Z1 a Z6 | R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) – Filas Z7 a Z11 |
Vendas: Ingresso rápido, Bilheteria Teatro Castro Alves, SAC do Shopping Barra e SAC do Shopping Bela Vista

Ratos de Porão

Depois de um bom tempo, a Ratos de Porão retorna a Salvador para um show onde celebra os 30 anos da gravação de ‘Brasil’, um dos seus principais álbuns. A apresentação faz parte da série de shows que a banda vem fazendo pelo país tocando o disco na íntegra. Quarto álbum da banda, ‘Brasil’ funciona como documento histórico da época que foi lançado, 1989, mas, ao mesmo tempo, revela como o país continua o mesmo. Entre as músicas, que transitam por sonoridade do punk, hardcore e thrash metal, estão verdadeiros clássicos como “Amazônia Nunca Mais”, “Aids, Pop e Repressão” e “Beber Até Morrer”. Elas abordam temas como as mazelas sociais, a questão ambiental e a repressão policial. A banda se apresenta dentro da programação do festival Rock Concha, dividindo o palco no primeiro dia do evento com as bandas Camisa de Vênus, Malefector e Drearylands.

Rock Concha – Ratos de Porão, Camisa de Vênus, Malefector e Drearylands
Data: 13 de julho de 2019 (sábado)
Local: Concha Acústica – Campo Grande
Horário: 17 horas
Valor: R$ 100 (inteira) / R$ 50 (meia) – Plateia | R$ 200 (inteira)/ R$ 100 (meia) – Camarote
Vendas: Vendas: Ingresso rápido, Bilheteria Teatro Castro Alves, SAC do Shopping Barra e SAC do Shopping Bela Vista

ATTOOXXA

Consolidado como um dos principais nomes da produção musical baiana contemporânea, o ÀttooxxÁ encerra a temporada do Bud Basament, mostrando a força da fusão da eletrônica com o pagodão. O groove pop quebradeira do grupo costuma ser irresistível até para os mais fechados aos gêneros populares baianos. Nessa noite, eles terão a companhia da noite funk carioca do Dj Silvio, dj oficial da festa Arca de Noé, no Rio de Janeiro, além do Dj Sany Pitbull.

Bud Basament – ÀttooxxÁ, Dj Silvio e Dj Sany Pitbull.
Data: 13 de julho de 2019 (sábado)
Local: Trapiche Barnabé – Comércio
Horário: 18 horas
Valor: R$ 30
Vendas: Sympla

Planet Hemp

Uma das bandas ícones do pop-rock brasileiro dos anos 90, o Planet Hemp voltou à ativa depois de um tempo sem apresentar novidades, mas se estabelecendo definitivamente como um dos grandes nomes do período. Tendo à frente Marcelo D2 e BNegão, dois excelentes frontmen, a banda desfila hits com um repertório repleto de petardos como “Dig Dig Dig”, “Legalize Já”, “Mantenha o Respeito”, “Queimando Tudo”, “Zerovinteum” e “Ex-Quadrilha da Fumaça”. A banda se apresenta dentro da programação do festival Rock Concha, dividindo o palco no segundo dia do evento com Pedro Pondé e a banda Alquímea.

Rock Concha – Planet Hemp, Pedro Pondé e Alquímea
Data: 14 de julho de 2019 (domingo)
Local: Concha Acústica – Campo Grande
Horário: 17 horas
Valor: R$ 100 (inteira) / R$ 50 (meia) – Plateia | R$ 200 (inteira)/ R$ 100 (meia) – Camarote
Vendas: Ingresso rápido, Bilheteria Teatro Castro Alves, SAC do Shopping Barra e SAC do Shopping Bela Vista

Krisiun

Com quase 30 anos de estrada, a Krisiun é considerada a maior potência do metal nacional atualmente. Formada pelo trio de irmãos (Alex Camargo nos vocais e baixo, Moyses Kolesne na guitarra e Max Kolesne na bateria) em 1990, em Ijuí, Rio Grande do Sul, a banda elevou a velocidade e a brutalidade do death metal. Como resultado se consagrou como uma das precursoras do brutal death metal mundial. Com grande reconhecimento internacional, o trio vem de mais uma extensa turnê pela Europa para integrar o festival itinerante Garage Sounds Music Festival. Salvador recebe a banda numa apresentação que divide o palco com os paulistas da Surra.

Garage Sounds Music Festival – Krisiun e Surra
Data: 18 de julho de 2019 (quinta-feira)
Local: Groove Bar – Barra
Horário: 20 horas
Valor: R$ 40
Vendas: Sympla

Dead Fish e Molho Negro

Uma importante banda veterana e uma das mais promissoras da nova geração se encontram no Sideshows do Garage Sounds Music Festival em Salvador. Com 28 anos de carreira, a Dead Fish apresenta o show de seu novo disco, ‘ Ponto cego’, o oitavo de estúdio. O power trio capixaba mantém o pé no acelerador com um disco agressivo, com críticas político-sociais e seu marcante hardcore punk. Originária do Pará, a Molho Negro vem se consolidando como um dos principais nomes do atual rock brasileiro. Acima de tudo pelos shows, que costumam ser viscerais. A banda faz um rock que mescla guitarras pesadas com uma dose pop e letras críticas e irônicas.

Garage Sounds Music Festival – Molho Negro, Dead Fish e Os Informais
Data: 18 de julho de 2019 (quinta-feira)
Local: Portela Café – Rio Vermelho
Horário: 20 horas
Valor: R$ 30
Vendas: Sympla

Djonga

Djonga é um dos nomes mais celebrados no rap brasileiro atualmente. Fruto dos três discos incendiários que ele lançou de 2017 para cá. O jovem rapper de 24 anos cresceu rapidamente baseado em seu rap vigoroso e agressivo. As letras trazem um tom irônico e ácidos, mas falam com seriedade de temas espinhosos e urgentes. Ele volta a Salvador para uma apresentação dentro do Festival de Rap BoomBox, que em sua 1ª edição traz, reúne atrações locais e nacionais. Além de Djonga, se apresentam os rappers JovemDex, Matue, Makonnen e Guedez.

Festival de Rap BoomBox – Djonga, JovemDex, Matue, Makonnen e Guedez
Data: 20 de julho de 2019 (sábado)
Local: Armazém Hall – Villas do Atlântico
Horário: 21 horas
Valor: R$60 (inteira)/ R$30 (meia) – Pista | R$ 100 (inteira)/ R$ 50 (meia) – Área Vip | R$ 140 (inteira)/ R$ 70 (meia) – Camarote
Vendas: bilheteria do Armazém, Safe Ticket‘, loja Armazém Ticket no 2º piso do Salvador Norte Shopping e nos balcões de ingressos dos shoppings.

As Ganhadeiras de Itapuã

Comemorando seus 15 anos, As Ganhadeiras de Itapuã preparam um novo capítulo em sua história com a gravação de um DVD. Através de multilinguagens artísticas, o show vai trazer para o palco a atmosfera, as paisagens e a memória de Itapuã. Um registro da celebração da história e do canto dessas mulheres negras, com sua música de características próprias e influências de ciranda, sambas de diferentes matrizes, candomblé e outros ritmos. O show receberá convidados como  Mariene de Castro, Margareth Menezes e Larissa Luz. O repertório traz canções autorais, além de canções de compositores de Itapuã e de Dorival Caymmi.

Gravação do DVD das Ganhadeiras de Itapuã
Data: 31 de julho de 2019 (quarta-feira)
Local: Sala Principal do Teatro Castro Alves
Horário: 20 horas
Valor: R$40 (inteira)/ R$20 (meia), das filas A a Z11
Vendas: Ingresso rápido, Bilheteria Teatro Castro Alves, SAC do Shopping Barra e SAC do Shopping Bela Vista

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 Comment

  1. Pingback: Histórico. Assista o show completo do BaianaSystem com a OSBA » Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Log in