Para quem gosta de música sem preconceitos - el Cabong

Música e cinema: Festival In-Edit volta a Salvador com filmes inéditos

A vida e a obra de alguns dos maiores ídolos do rock e da música brasileira e mundial, como George Harrison, Miriam Makeba, Ozzy Osbourne, Queen, Jorge Mautner, Noel Rosa, Clementina de Jesus e Geraldo Vandré. A trajetória e a relação dos irmãos Ray e Dave Davies, do The Kinks, ou do trio David Bowie, Lou Reed e Iggy Pop, nos anos 70. A história de alguns importantes lugares para a história da música, como a Lira Pauistana ou o bar Troubadours. Tem ainda universos musicais distintos, seja o “brega” brasileiro, a nova música do Marrocos, ou a importância dos tambores no mundo.

Tudo isso e muito mais, o público baiano poderá conferir na segunda edição do IN_EDIT Brasil, tradicional festival que reúne mais de 20 documentários musicais brasileiros e internacionais de 15 a 21 de junho, na Saladearte Cinema do Museu. Na programação alguns documentários inéditos e super aguardados, como “George Harrison: Living in the Material World”, de Martin Scorsese, ainda inédito no circuito comercial.Tem ainda “God Bless Ozzy”, que conta a história de Ozzy Osbourne, “Queen – Days of your Lives”, sobre o Queen, “Jorge Mautner – O Filho do Holocausto”, de Pedro Bial e Heitor D´Alincourt, “The Sacred Triangle – Bowie, Iggy & Lou 1971-1973”, e muitos outros.

Depois de uma estreia com interessante programação e bom público em 2011, o festival parece que consolida Salvador definitivamente como sua segunda casa no país, recebendo o evento na sequência da edição realizada em São Paulo. O melhor é que os principais filmes exibidos na capital paulista no começo deste mês também estão vindo para Salvador. Ficaram de fora poucos filmes, entre eles “Futuro do pretérito – Tropicalismo now”; os quatro filmes de Don Letts, que contam a história do punk; “Moro no Brasil” e “Brasileirinho”, do diretor de cinema finlandês Mika Kaurismäki , que mora na Bahia, e estará presente na abertura do evento com seu filme “Mama África”, sobre Miriam Makeba.

Os ingressos custam até R$10 (*exceto as sessões das 15h com entrada gratuita). Veja a abaixo a programação com comentários sobre cada filme.

PROGRAMAÇÃO:

14/06, QUINTA-FEIRA (Sessão especial para convidados)

20h30: MAMA ÁFRICA
A história da cantora Miriam Makeba, uma mulher forte, politizada e extremamente talentosa que ficou conhecida como a “mãe da África” por sua atitude de combate ao apartheid.
Direção: Mika Kaurismäki
País: Finlândia/Alemanha/África do Sul
Ano: 2011
Duração: 89’
Idioma original: inglês, francês
Formato: DVCam

15/06, SEXTA-FEIRA

15h: O QUE SOU NUNCA ESCONDI
Depois de muito sucesso e uma obra crítica à ditadura, Geraldo Vandré sumiu. Anos depois, reapareceu, virou advogado, passou a renegar a carreira e evita falar com as pessoas. Ele é um dos nomes mais enigmáticos da MPB e esse documentário tenta desvendar a história do autor de canções emblemáticas como “Disparada” e “Pra não dizer que não falei das flores”.
Direção: Alexandre Napoli e Helena Wolfenson
País: Brasil
Ano: 2011
Duração: 54’
Idioma original: português
Formato: Blu-Ray

17h: LÍNGUA MÃE
Filme que apresenta o projeto de Naná Vasconcelos e o maestro Gil Jardim que reuniu crianças do Brasil, Angola e Portugal para fazer música em sua língua materna: o português.
Direção: Fernando Weller e Leo Falcão
País: Brasil
Ano: 2011
Duração: 81’
Idioma original: português
Formato: DVCam

19h: BENDA BILILI!
História do grupo de músicos sem-teto, deficientes físicos Benda Bilili, que se locomovem em cadeiras de rodas improvisadas e moram nas ruas de Kinshasa, Congo.
Direção: Renaud Barret, Florent de la Tullaye
País: Congo/França
Ano: 2010
Duração: 85’
Formato: 35 mm

21h: MAMA ÁFRICA
A história da cantora Miriam Makeba, uma mulher forte, politizada e extremamente talentosa que ficou conhecida como a “mãe da África” por sua atitude de combate ao apartheid.
Direção: Mika Kaurismäki
País: Finlândia/Alemanha/África do Sul
Ano: 2011
Duração: 89’
Idioma original: inglês, francês
Formato: DVCam

16/06, SÁBADO

15h: LIRA PAULISTANA E A VANGUARDA PAULISTA
Filme sobre a mítica casa Lira Paulistana, espaço catalisador das novas tendências musicais na cidade de São Paulo, no período que vai de 1979 a 1986, que reuniu nomes como Itamar Assumpção, Grupo Rumo, Premeditando o Breque, Titãs, Cólera, Inocentes e uma infinidade de nomes apareceram na cena musical paulistana.
Direção: Riba de Castro
País: Brasil
Ano: 2012
Duração: 97’
Idioma original: português

17h: VOU RIFAR MEU CORAÇÃO
A história de alguns dos principais nomes por trás da Música Romântica Brega brasileira: Odair José, Amado Baptista, Lindomar Castilho, Nelson Ned, Wando, e muitos outros.
Direção: Ana Rieper
País: Brasil
Ano: 2011
Duração: 78’
Idioma original: português
Formato: Digital

19h: GEORGE HARRISON: LIVING IN THE MATERIAL WORLD
Documentário musical do diretor Martin Scorsese que conta a história do ex-Beatle George Harrison, mostrando sua vida familiar, profissional, político, social e espiritual.
Direção: Martin Scorsese
País: EUA
Ano: 2011
Duração: 208’
Idioma original: inglês

17/06, DOMINGO

15h: SIBA – NOS BALÉS DA TORMENTA
Documentário sobre a trajetória do músico pernambucano Siba de seu mergulho nas tradições populares do interior de Pernambuco até as gravações de seu novo disco em São Paulo.
Direção: Caio Jobim e Pablo Francischelli
País: Brasil
Ano: 2012
Duração: 85’
Protagonistas: Siba, Fernando Catatau, Mestre Barachinha
Idioma original: português

17h: RAY DAVIES: IMAGINARY MAN
Julien Temple se debruçou na história dos irmãos Ray e Dave Davies, os músicos por trás da banda The Kinks, que não se falam há muitos anos. Para conseguir falas de ambos, o diretor teve que fazer dois filmes. Neste, ele conversa com o líder da banda, Ray Davies que fala da vida pessoal e obra artística durante um passeio pelo bairro onde cresceu.
Direção: Julien Temple
País: Inglaterra
Ano: 2010
Duração: 78’
Protagonistas: Ray Davies
Idioma original: inglês
Formato: DVCam
Produção: Stephen Malit, Julien Temple
Produção executiva: David Okuefuna
Companhia produtora: Nitrate Films

19h: THE SACRED TRIANGLE – BOWIE, IGGY & LOU 1971-1973
Documentário que mostra os bastidores da amizade entre David Bowie, Iggy Pop e Lou Reed no início dos ano 70, quando se influenciaram na produção de três dos discos mais sensacionais da história do rock: “Ziggy Stardust”, “Transformer” e “Raw Power”
Direção: Alec Lindsell
País: Inglaterra
Ano: 2010
Duração: 107’
Idioma original: inglês
Formato: DVCam

21h: QUEEN: DAYS OF OUR LIVES
Documentário que conta a história do Queen, desde os momentos de glória até os fracassos, mostrando como Brian May, Freddie Mercury, Roger Taylor e John Deacon revolucionaram a música e a indústria do espetáculo no início dos anos 70.
Direção: Matt O’Casey
País: Inglaterra
Ano: 2011
Duração: 110’
Idioma original: inglês
Formato: Blu-Ray

18/06, SEGUNDA-FEIRA

15h: ARGUS MONTENEGRO E A INSTABILIDADE DO TEMPO FORTE
O baterista Argus Montenegro tocou com Elis Regina, Carlos Lyra, Sérgio Mendes, Tom Jobim e Antônio Solero. Ensinou outros tantos talentosos bateristas a tocar. Impossibilitado de fazer música por causa de uma doença, neste filme ele conta sua história, fala de música, mercado musical, de suas aventuras e da impossibilidade de voltar aos palcos.
Direção: Pedro Isaías Lucas
País: Brasil
Ano: 2011
Duração: 75’
Protagonistas: Argus Montenegro
Idioma original: português
Formato: DVCam

17h: BLAZE FOLEY: DUCT TAPE MESSIAH + STEVE REICH: PHASE TO FACE
(SESSÃO DUPLA)

BLAZE FOLEY: DUCT TAPE MESSIAH
Direção: Kevin Triplett
País: EUA
Ano: 2011
Duração: 60’
Idioma original: inglês
Formato: HDV

STEVE REICH: PHASE TO FACE
Direção: Eric Darmon, Franck Mallet
País: Alemanha
Ano: 2009
Duração: 52’
Idioma original: inglês
Formato: DVD

BLAZE FOLEY: DUCT TAPE MESSIAH
A triste história de Blaze Foley, músico talentoso que se jogou na vida, caiu na estrada, se afogou na bebida e acabou morrendo pobre, desconhecido e ainda jovem. Apenas depois de morto teve seu talento descoberto.
Direção: Kevin Triplett
País: EUA
Ano: 2011
Duração: 60’
Idioma original: inglês
Formato: HDV

STEVE REICH: PHASE TO FACE
Um dos pioneiros do minimalismo, Steve Reich é mostrado em meio a suas peças musicais, instalações, trilhas e experimentações.
Direção: Eric Darmon, Franck Mallet
País: Alemanha
Ano: 2009
Duração: 52’
Idioma original: inglês
Formato: DVD

19h: NOEL ROSA POETA DA VILA E DO POVO
Com narração de Martinho da Vila, este documentário conta a vida e obre de Noel Rosa, um dos maiores nomes da música brasileira. Morto aos 26 anos, ele deixou um incrível legado musical, que influenciou grandes artistas de nossa música. Alguns deles, João Bosco, Caetano Veloso, Zeca Pagodinho, Aracy de Almeida, Monarco e Paulinho da Viola, relembram suas músicas, enquanto um rico arquivo de som e imagens ajudam a contar a história de Rosa.
Direção: Dácio Malta
País: Brasil
Ano: 2010
Duração: 120’
Idioma original: português
Formato: DVCam

21h: TROUBADOURS
O bar Troubadours era nos ano 60 o ponto de encontro da geração que reuniu James Taylor, Carole King e Jackson Browne, cantores-compositores que espalhou o folk rock pelo mundo. O documentário faz uma viagem pelos sucessos desses jovens californianos, que falavam de prazeres individuais, amor e amizade.
Direção: Morgan Neville
País: EUA
Ano: 2011
Duração: 92’
Idioma original: inglês
Formato: HDV

19/06, TERÇA-FEIRA

15h: CLEMENTINA DE JESUS, RAINHA QUELÉ
Um dos nomes mais celebrados da música popular brasileira, Clementina de Jesus, tem sua vida e carreira passada a limpo neste documentário que contou com um rico acervo de imagens.
Direção: Werinton Kermes
País: Brasil
Ano: 2011
Duração: 56’
Idioma original: português
Formato: DVD

17h: NEXT MUSIC STATION: MARROCOS
A cantora marroquina Oum conduz Fermín Muguruza por seu país através de cidades, estilos musicais e suas raízes. Na mochila vão as raízes do flamenco, o gnawa e a mistura de sua cultura ancestral com as músicas que vem do Ocidente.
Direção: Fermín Muguruza
País: Catar/Espanha
Ano: 2011
Duração: 100’
Idioma original: árabe
Formato: DVD

19h: BOB AND THE MONSTER
Uma daquelas figuras do rock que tem a vida marcada pelo uso abusivo de drogas e escândalos, Bob Forrest, vocalista da banda Thelonious Monster, sobreviveu a uma overdose e passou a lutar contra o vício. Saudável e sequelado, hoje ajuda estrelas do rock a se livrar das drogas, entre eles Steve Aldler (Guns’n’Roses) e John Frusciante (Red Hot Chili Peppers).
Direção: Keirda Bahruth
País: EUA
Ano: 2011
Duração: 86’
Idioma original: inglês
Formato: Blu-Ray

21h: CURE FOR PAIN – THE MARK SANDMAN STORY
Mark Sandman é tido como um gênio. Músico surpreendente, sempre fugiu de regras para criar. Sua banda Morphine já rompia na formação, sem guitarra, tinha um trio formado por bateria, saxofone e baixo de duas cordas tocado com slide, o qual ele tocava.
Direção: David Ferino, Robert Bralver
País: EUA
Ano: 2011
Duração: 86’
Idioma original: inglês
Formato: HDV

20/06, QUARTA-FEIRA

15h: NEXT MUSIC STATION: IÊMEN + SUDÃO
(SESSÃO DUPLA)

IÊMEN
Entre o Mar Vermelho e o Arábico, o Iêmen se destaca por ser um dos polos musicais emblemáticos do mundo árabe. A combinação entre melodias e instrumentos tradicionais e o rap, a música eletrônica e os usos periféricos de tecnologia criaram uma cena musical única.
Direção: Fermín Muguruza
País: Catar/Espanha
Ano: 2011
Duração: 52’
Idioma original: árabe
Formato: DVD

SUDÃO
Sudão e sua particular encruzilhada cultural e religiosa apresentadas pela jornalista Nadeen Allauddin.
Um passeio entre as músicas das tribos nômades, a canção tradicional, a música sufi, o reggae, o jazz e rap.
Direção: Fermín Muguruza
País: Espanha
Ano: 2011
Duração: 52’
Idioma original: árabe
Formato: DVD

17h: NEXT MUSIC STATION: LÍBANO
A designer e fotógrafa Déborah Phares nos leva pelas ruas de Beirute para mostrar a mistura de culturas e como a nova geração criou uma nova música, fundindo rap, eletrônica, indie rock, música experimental e tradicional.
Direção: Fermín Muguruza
País: Catar/Espanha
Ano: 2011
Duração: 100’
Idioma original: árabe
Formato: DIGIBETA

19h: AS CANÇÕES DO EXÍLIO: A LABAREDA QUE LAMBEU TUDO
Documentário sobre as canções compostas no exílio por Caetano Veloso e Gilberto Gil, contado pelo diretor de forma inusitada.
Direção: Geneton Moraes Neto
País: Brasil
Ano: 2010
Duração: 90’
Idioma original: português
Formato: DVCam

21h: KINKDOM COME: DAVE DAVIES
O outro filme em que Julien Temple conta a história dos irmãos Ray e Dave Davies, músicos por trás do The Kinks. Neste outro filme (leia sobre o outro acima), o diretor combina arquivo familiar, entrevistas atuais, filmes clássicos e trilha sonora original para falar da rebeldia dos jovens ingleses dos anos 60 e da história de Dave. Ele conta lendas de gravações da banda, fala do irmão e revela detalhes da história familiar e do começo dos Kinks.
Direção: Julien Temple
País: Inglaterra
Ano: 2011
Duração: 77’
Idioma original: inglês
Formato: DVCam

21/06, QUINTA-FEIRA

15h: NELSON SARGENTO – MEMÓRIA DO SAMBA
Ao lado do jornalista Sérgio Cabral, um dos poetas vivos do samba, Nelson Sargento bate um papo de botequim contando sua história, carreira, vida pessoal e ainda canta seus sucessos.
Direção: Flávio Cândido e João Carlos Carino
País: Brasil
Ano: 2012
Duração: 74’
Protagonistas: Nelson Sargento, Sergio Cabral, Clara Nunes.
Idioma original: português
Formato: DVCam
Produção: Daniel Damasceno e Luiz Carlos Araújo
Companhia produtora: Oficina do Parque

17h: TAMBORES
Trabalho que mostra a importância dos tambores e sua relação entre os diferentes universos culturais em Moçambique, Zâmbia, China, Catar, Brasil e Portugal. Produzido e utilizado de diferentes formas, o filme mostra como o tambor une música, religião, cultura, tradição e modernidade.
Direção: Sérgio Raposo
País: Brasil
Ano: 2011
Duração: 71’
Formato: DVCam

19h: JORGE MAUTNER – O FILHO DO HOLOCAUSTO
Filme que conta a história de Jorge Mautner, cantor, compositor, poeta, tido como maldito e um dos artistas mais versáteis da música brasileira. Sob a ótica de amigos, familiares e parceiros musicais Gilberto Gil, Caetano Veloso e Nelson Jacobina, é mostrada sua sua personalidade e obra plural.
Direção: Pedro Bial e Heitor D´Alincourt
País: Brasil
Ano: 2011
Duração: 93’
Protagonistas: Jorge Mautner
Idioma original: português
Formato: Digital

21h: GOD BLESS OZZY OSBOURNE
Documentário sem censuras sobre a trajetória de Ozzy Osbourne, do início no Black Sabbath à carreira solo, mostrando a relação doentia com as drogas e o comportamento que o transformou em um estereótipo.
Direção: Mike Fleiss e Mike Piscitelli
País: Irlanda
Ano: 2011
Duração: 91’
Idioma original: inglês
Formato: Blu-Ray

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

23 Comments

  1. lubmatos Reply

    Vai sim. Para concorrer, basta curtir a página no facebook (www.facebook.com/pages/el-Cabong/255145827835808) e deixar um comentário aqui (no texto sobre o festival) dizendo que filmes acha os mais interessante do evento. Fácil.

  2. Iury Batistta Reply

    Que beleza esse festival! Ano passado vi vários filmes, uns bons outros nem tanto… Enfim, esse ano, sem dúvida, o filme que tanto esperei e que não posso deixar de ver é “George Harrison”. “Lira Paulistana e Vanguarda Paulista” é outro que merece ser visto.

    Luciano, como fica a promoção para quem não tem conta no facebook? Como é o meu caso. (:

  3. Clarice Bueno Reply

    A programação tá tão bacana e fico super feliz pelo In-Edit ter mais essa casa!
    Meus escolhidos:
    – “O que sou nunca escondi”
    – “Vou rifar meu coração”
    – “The Sacred Triangle – Bowie, Iggy & Lou 1971-1973”
    – “Next Music Station: Marrocos”
    – “Jorge Mautner – O filho do Holocausto”

  4. Lucas Cunha Reply

    Quero muito ver os filmes do Julien Temple sobre o Ray Davies e os Kinks. Primeiro por ter gostado do outro doc que vi dele (O Lixo e a Fúria, sobre os Sex Pistols) e por conhecer pouco a história dos Kinks, uma banda que admiro mais cada vez que volto a sua ampla discografia. Cure For Pain, sobre o lider do Morphine, também parece interessante, pelo ótimo músico que era e a forma que faleceu. Além disso, me interesso pelas histórias do documentário sobre o trio Bowie, Iggy e Lou Reed, a relação entre eles, todos no auge de criatividade.

  5. Iury Batistta Reply

    Obrigado pela flexibilidade e gentileza, Luciano.

    Ah… Os filmes sobre Jorge Mautner e Siba também estão na minha lista.

  6. Ana V. Reply

    Quero muito ver :
    THE SACRED TRIANGLE – BOWIE, IGGY & LOU 1971-1973
    e NOEL ROSA POETA DA VILA E DO POVO . Pena que esse segundo vai ser exibido na segunda feira =/

    Tem uns filmes que passaram em São Paulo que não vão passar aqui. Tô sentindo muita falta do documentário de Kings of Leon.

  7. Cebola Reply

    Opa! Eu quero muito ver o Jorge Mautner – O Filho do Holocautso, As Canções do Exílio: A Labareda Que Lambeu Tudo e o George Harrison: Living in the Material World.

  8. Juliane Vieira Reply

    Tem muito filme bom, difícil vai ser conciliar o tempo pra ver todos que quero, masss na maior expectativa para o Benda Bililili que foi super comentando, a banda é mto legal e a história deles é incrível, deve ter ficado bem bacana o doc! 🙂 Fora esse também: George Harrison: living in the material world do Scorsese, The sacred triangle – Bowie, Iggy & Lou 1971-1973, Queen: days of our lives e Noel Rosa poeta da vila e do povo.

  9. isabella Reply

    quero muito ver Vou rifar meu coração, The Sacred Triangle – Bowie, Iggy & Lou 1971-1973 e George Harrison: Living in the Material World. =)

  10. marilia prado Reply

    parabens pelo site que está com a programação completinha e detalhada.
    lista de preferencias
    1- living in the material world (claro!)
    2 – vou rifar o meu coração
    3- the sacred tirangle
    4- jorge mautner – o filho do holocausto

  11. Louise Lago Reply

    Muita coisa boa aí, que eu se eu pudesse me dividir em várias ia conferir quase tudo.
    Mas, minha lista de preferencias é esta aqui:
    George Harrison: Living in the Material World
    The Scared Triangle – Bowie, Iggy & Lou 1971-1973
    Jorge Mautner – O filho do holocausto
    NOEL ROSA POETA DA VILA E DO POVO
    AS CANÇÕES DO EXÍLIO: A LABAREDA QUE LAMBEU TUDO

  12. Eron Leal Reply

    Quero ver principalmente esses:
    George Harrison: Living in the Material World
    The Scared Triangle – Bowie, Iggy & Lou 1971-1973
    GOD BLESS OZZY OSBOURNE

  13. Rodrigo Sputter Reply

    Não tenho face…mas acho que vou terminar vendo é nenhum mesmo…até me convidaram pra ir…mas sei lá…sem saco esses dias…quando tem muita coisa assim eu fico perdido e não vejo nada…

    1. lubmatos Reply

      Os vencedores da promoção foram:

      Louise Lago
      Marilia prado
      Fernando Gomes
      Isabella Pedreira
      Juliane Vieira
      Cebola Pessoa
      Ana Verena
      Iury Batistta
      Lucas Cunha
      Clarice Bueno

      Seus nomes vão estar numa lista na bileteria do Cinema do Museu. Cada um tem direito a um par de convites que estrá disponível a partir deste sávbado (16) e deve ser trocado pelo filme que gostaria de ver. Lembrando que as trocas só podem ser feitas no dia em que o filme for ser exibido.

  14. Juliane Vieira Reply

    Huhu, valeuz!

    Faltou falar que ficou ótimo o ‘formato’ da programação aqui, tá melhor do que no site do evento!
    =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Log in