Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia - :: el Cabong ::

Eles estão de volta! Red Hot, Strokes, Avalanches, Stone Roses e The Beat

Apesar de tudo, 2016 está um ano interessante para a música. Festivais caprichados, supergrupos interessantes sendo formados, excelentes lançamentos e uma série de retornos de nomes relevantes da música mundial. Nas últimas semanas, por exemplo, ficamos sabendo dos novos trabalhos de Red Hot Chili Peppers, Stone Roses, Strokes, Avalanches e The Beat.

O Red Hot Chili Peppers lançou no último dia 17 de junho seu novo álbum “The Getaway”, com 13 faixas inéditas. O grupo já havia liberado o primeiro single do projeto, “Dark Necessities”, que vem com um baixo marcante, notas de piano e uma dose de funk. O clipe tem direção de Olivia Wilde, que chamou atenção este ano no elenco da série Vinyl. “The Getaway” será o 11º trabalho de estúdio do Red Hot e sucederá “I’m with You”, de 2011. Não é nem tanto tempo assim, mas com tanta coisa acontecendo e tão rápido, cinco anos parecem uma vida. Este é o primeiro álbum da banda desde Blood Sugar Sex Magik (1991) a não ter Rick Rubin na produção. Quem esteve no comando foi Danger Mouse, enquanto a mixagem ficou a cargo de Nigel Godrich (Radiohead). Uma turnê da banda já foi anunciada, mas não inclui o Brasil.

Veja o clipe de “Dark Necessities”:

O grupo australiano The Avalanches é bem menos popular, mas tão interessante quanto e com muito mais tempo de parada. Eles retornaram com o pé direito. 16 anos depois do sucesso de “Since I Left You”, eles vão lançar em julho um novo álbum, “Wildflower”. Participam do disco nomes como Father John Misty, Toro Y Moi, Jennifer Herrema e Warren Ellis, entre outros. O retorno da banda aos palcos aconteceu no começo do mês, no festival Primavera Sound, em Barcelona. A banda engatou alguns outros shows na Inglaterra e já está escalado para o Fuji Rock Festival, no Japão. O grupo já liberou uma primeira pista do que vem por ai. A excelente “Frankie Sinatra”, primeiro single, que conta com a participação dos rappers Danny Brown e MF Doom, e foi apresentada através de um clipe divertido com um sorvete alucinógeno. Tirando por esta música, o duo Robbie Chater e Tony Di Blasi, que havia ficado conhecido pela quantidade de samples que usavam, continuam no mesmo caminho. “Frankie Sinatra” traz samples de “Bobby Sox Idol” de Wilmoth Houdini e “My Favorite Things”, do filme A Noviça Rebelde.

Vejam o clipe de “Frankie Sinatra”:

Outra volta depois de muito tempo é a do The Stone Roses, um dos principais nomes do britpop dos anos 1980 e 90. A banda lançou duas músicas nas últimas semanas, as primeiras depois de 22 anos. “All For One” foi lançada em maio, de surpresa, depois de muitos anos de rumores sobre uma volta da banda. Depois, poucos dias antes de sair em turnê, os britânicos soltaram outra faixa: “Beautiful Thing“. A banda tem dois discos lançados, o álbum de estreia de 1989, que costuma frequentar listas dos melhores de todos os tempos, e o segundo “The Second Coming”, de 1994. Logo depois o grupo acabou. Em 2012, chegou a se reunir para uma rápida turnê, mas não lançou nem tocou nenhuma música inédita. Um possível terceiro álbum nunca se concretizou. Apesar de ainda não ter sido divulgado, as duas músicas inéditas devem fazer parte do próximo disco da banda. Além das faixas, o Stone Roses deu início a uma série de shows no verão pela Inglaterra e Irlanda, e uma apresentação no Madison Square Garden em Nova York.

Ouçam “Beautiful Thing”:

Uma das maiores bandas do movimento 2-Tone, a The Beat pode não ser tão conhecida por aqui, mas fez sucesso nos anos 80, especialmente Austrália e Inglaterra, com seu ska/pop e hits como “Can’t Get Used to Losing You”, “Mirror In the Bathroom”, “Hands Off She’s Mine” e “Too Nice to Talk To”. O grupo possui três álbuns lançados “I Just Can not Stop It” (1980), “Wha’ppen” (1981) e “Special Beat Service” (1982). Formada em 1978, a banda manteve as atividades até 1983, mas nunca acabou oficialmente. Os integrantes fizeram diversos trabalhos com outros projetos. Dois deles, no entanto, Ranking Roger e Dave Wakeling, passaram a se apresentar com outras formações da The Band. A banda passou então a ter duas versões ao mesmo tempo, uma nos Estados Unidos e outra na Inglaterra. Nenhuma das duas, no entanto, havia lançado discos de inéditas, apesar das promessas. Agora em 2016, as duas estão preparando seus trabalhos com músicas novas. A formação liderada por Ranking Roger nos vocais, que conta ainda com Ranking Junior, também nos vocais, Oscar Harrison na bateria, Andy Pearson no baixo e Steve Harper na guitarra, anunciou que em setembro lança “Bounce”, o primeiro disco em mais de 30 anos. A primeira música já foi disponibilizada. “Walking On The Wrong Side”, que ganhou inclusive um clipe. Após o lançamento do disco, o grupo vai sair em turnê e já tem vários shows marcados pela Inglaterra a partir de outubro.

Veja o clipe de “Walking On The Wrong Side”:

Não tem nem tanto tempo assim que o Strokes lançou trabalho novo. O último álbum com inéditas foi “Comedown Machine”, de 2013. O disse me disse eterno sobre o fim da banda, porém, não deixa de tornar mais importante o anúncio de músicas novas e inéditas da banda depois de três anos. Nesse tempo Julian Casablancas e Albert Hammond Jr. investiram em suas carreiras solo e lançaram discos novos, Nick Valensi foi tocar com Kate Pierson, Sia, entre outros e Fabrizio Moretti se juntou a banda de Rodrigo Amarante. Em maio, no entanto, a banda revelou uma música nova e anunciou que ia lançar um EP no dia 3 de junho. O EP “Future Present Past” traz três músicas, “Oblivius”, “Drag Queen” e “Threat of Joy”. è a prévia de um novo disco que eles já disseram que estão trabalhando.

Ouçam “Drag Queen”:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log in