Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia - :: el Cabong ::

Carnaval 2019: Irmãos Macedo comemoram 45 anos de trio

Diferente da maior parte dos carnavais do Brasil, o de Salvador é marcado pelas novidades. Músicas, ritmos, sonoridades, danças surgem a cada ano, sem que isso seja garantia de qualidade, mas a certeza que a festa na capital baiana não é calcada no passado. Assim mesmo, existem algumas tradições que permanecem intocáveis e fundamentais. Uma delas é o Trio elétrico Armandinho, Dodô & Osmar. Em 2019, quem quiser acompanhar o trio, sempre sem cordas, terá algumas opções. No sábado, dia 02, eles se apresentam no circuito do Campo Grande. No domingo (dia 3), segunda (4) e terça (5) eles batem ponto no circuito da Barra Ondina.

Veja também:
– Carnaval 2019: Ilê Aiyê comemora 45 anos mantendo força e tradição.
– Carnaval 2019: Aya Bass impulsiona o canto de mulheres negras.
– Carnaval 2019: ÀTTØØXXÁ tem trio com Major Lazer e Tropkillaz.

Comandado inicialmente pelos inventores do trio elétrico e da guitarra baiana, Dodô e Osmar Macedo, que levaram a inovação para as ruas há quase 70 anos, em 1974, o trio passou a ganhar o nome que ficou célebre, Armandinho, Dodô & Osmar. Este anos, os quatro filhos de seu Osmar, Betinho Macêdo (Baixo), Armandinho Macêdo (Guitarra Baiana), Aroldo Macêdo (Guitarra Baiana) e André Macêdo (Vocal), estão comemorando 45 carnavais à frente do trio. Uma trajetória baseada em um repertório de frevos e marchinhas e que rendeu uma discografia de 16 álbuns e apresentações em turnês pela Europa, Estados Unidos, Canadá e México, incluindo uma apresentação história no Montreux Jazz Festival na Suíça.

O repertório dos irmãos continua reunindo músicas imortalizadas por eles como “Pombo Correio”, “Vida Boa”, “Chão da Praça”, “Frevo do Trio Elétrico”, “Viva Dodô & Osmar”, “Zanzibar” e “Chame Gente”. No Carnaval 2019, a banda mantém os clássicos e inclui outras músicas gravadas por eles, numa revisita à trajetória do grupo, incluindo “Aí eu liguei o Rádio”, “Viva o Povo Brasileiro”, “Aquidabã”, “Frevo da Lira”, “Frevo dobrado n°3” e “Granadino”.

Tem também música nova, “Carnaval na Babilônia”, de Aroldo Macedo e Maria Vasco. A música, que mantém a sonoridade marcante dos Irmãos Macedo, conta a história de um rei que baixa uma medida provisória em que todos os seus súditos são liberados para sonhar e o refrão decreta: “Virou lei, virou lei, virou lei, virou lei”.

Programação Armandinho, Dodô & Osmar:
– Dia 02/03 (Sábado) – Circuito Osmar/ Campo Grande (trio sem cordas)
– Dia 03/03 (Domingo) – Circuito Dodô/ Barra (trio sem cordas)
– Dia 04/03 (Segunda-feira) – Circuito Dodô/ Barra (trio sem cordas)
– Dia 05/03 (Terça-feira) – Circuito Dodô/ Barra (trio sem cordas)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 Comment

  1. Pingback: Guia do Carnaval de Salvador 2019; veja o que não perder » Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log in