Para quem gosta de música sem preconceitos, numa visão a partir da Bahia - :: el Cabong ::

Bahia tem quatro indicados na 1ª edição do Prêmio SIM

Se há um tempo era quase invisível, o cenário musical baiano independente, ou como quer que o chamemos, cada vez ganha mais destaque nacionalmente. O melhor é que cada vez com mais força e com novos nomes. Agora foi o Prêmio SIM, Semana Internacional de Música de São Paulo, que criou uma premiação para destacar e reconhecer as melhores iniciativas do ano da indústria musical. Entre os indicados nesta primeira edição, anunciados no último dia 1 de novembro, estão quatro baianos. Três deles, Baco Exu do Blues, Giovani Cidreira e Larissa Luz, concorrendo na mesma categoria, Novo Talento. O outro é o Trio elétrico Navio Pirata do BaianaSystem, que concorre na categoria Projeto do Ano.

A premiação é composta por quatro categorias: Novo Talento, Inovação, Projeto do Ano e Contribuição à Música. As três primeiras com 10 indicados cada, sendo que 9 foram apontados pelo conselho consultivo da convenção de música e um escolhido por voto popular. Os vencedores serão escolhidos por meio de uma votação entre os credenciados na SIM São Paulo 2017, a partir do dia 6 de novembro. Os ganhadores serão anunciados no dia 9 de dezembro, no Centro Cultural São Paulo, dentro da programação da SIM.

Na categoria Novatos, os baianos concorrem com Linn da Quebrada, Mulamba, Pabllo Vittar, Rakta, Rincon Sapiência, Teto Preto e Tim Bernardes, que foi indicado pelo público. Os indicados na categoria Inovação são os projetos Acelerarte, Hand Album Tribalistas, Holoplot, HumOn, In Place of War, Mapeamento Brasil de TUHU, Site Luiza Caspary, Soundcharts, Techstars Music e Tem Um Gato na Minha Vitrola.

Na categoria Projeto do Ano,além do trio do Baianaystem, concorrem o espaço Breve, em Sâo Paulo; o projeto Conexão Cultura DF, de Brasília, o projeto de Internacionalização da cantora Anitta; o Programa Natura Musical 2017; o projeto Red Bull Music Academy São Paulo; o projeto de residência artística itinerante e de integração cultural na América Latina Rompe Frontera; a produção e o plano de lançamento do disco “Unlikely” do Far From Alaska; a plataforma Women’s Music Event (WME) e o Festival Timbre, de Uberlândia, MG, que foi indicado pelo público.

A quarta categoria, Contribuição à Música, não tem indicados, pois será escolhida pelo conselho da SIM São Paulo, formado por pessoas do mercado, como produtores, jornalistas, pesquisadores, curadores, entre outros. A Semana Internacional de Música de São Paulo acontece entre os dias 6 e 10 de dezembro, em São Paulo.

Veja os indicados:

NOVO TALENTO
Baco Exu do Blues
Giovani Cidreira
Larissa Luz
Linn da Quebrada
Mulamba
Pabllo Vittar
Rakta
Rincon Sapiência
Teto Preto
Tim Bernardes (Indicado pelo público)

INOVAÇÃO
Acelerarte
Hand Album Tribalistas
Holoplot
HumOn
In Place of War
Mapeamento Brasil de TUHU
Site Luiza Caspary
Soundcharts
Techstars Music
Tem Um Gato na Minha Vitrola

PROJETO DO ANO
Breve
Conexão Cultura DF
Festival Timbre (Indicado pelo público)
Internacionalização Anitta
Programa Natura Musical 2017
Trio elétrico Navio Pirata – Carnaval 2017
Red Bull Music Academy São Paulo
Rompe Frontera
Unlikely – Far From Alaska
WME

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log in